Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Muricy promete Santos mais ofensivo em clássico

Por Sanches Filho

Santos – O Santos vai atacar o Corinthians, por dentro e pelos lados, no clássico deste domingo, no Pacaembu, não apenas por ser a sua vocação, mas também por necessidade. Depois de abrir mão das primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, em favor da disputa da Copa Libertadores, o campeão continental sente que, com o perde e ganha constante dos concorrentes que estão no topo da classificação, ainda dá para sonhar com o título nacional.

“Será um jogo importante para a gente. Nosso time está melhorando e temos dois jogos atrasados. Com uma vitória, a equipe embala de vez. Mas não acredito que vão sair muitos gols. Vai ser um jogo bastante estudado”, previu o comandante santista Muricy Ramalho, nesta sexta-feira.

Especialista em competições por pontos corridos, Muricy Ramalho considera o clássico decisivo apenas para o Santos, que precisa continuar recuperando os pontos perdidos no primeiro turno, mas para o Corinthians, não. “Para o Corinthians não define nada porque estão lá em cima. Só é importante porque se vencer, o Corinthians afasta ainda mais o Santos e em competição de ponto corrido é fundamental ir afastando quem poderá representar perigo mais para frente”.

Diante da necessidade de vitória, Muricy Ramalho vai manter a escalação com três atacantes e, mesmo como visitante, o time não ficará esperando a iniciativa do adversário para explorar o contra-ataque. Ao contrário: vai apostar no poder de fogo do seu time e na capacidade de fazer gols de Borges, Neymar e Alan Kardec.

CIRURGIA – O volante Alison, de apenas 18 anos, passa bem após ser submetido a uma cirurgia no joelho direito nesta sexta-feira. Ele teve o ligamento cruzamento anterior reconstruído depois de se machucar na partida contra o Cruzeiro, no sábado passado, em sua estreia no time profissional do Santos. O jogador deve ter alta neste sábado.