Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Morre policial da Força Nacional baleado no Complexo da Maré

Soldado Helio Vieira, que estava no Rio para a segurança dos Jogos Olímpicos, não resistiu ao ferimento na cabeça

Por Leslie Leitão
Atualizado em 12 ago 2016, 02h25 - Publicado em 12 ago 2016, 02h08

Pouco mais de 24 horas depois de ser baleado na cabeça por traficantes da Vila do João, no Complexo da Maré, o soldado Helio Vieira, que integrava a Força Nacional de segurança no reforço de efetivo dos Jogos Olímpicos do Rio, não resistiu. Ele morreu na noite desta quinta-feira, no Hospital Salgado Filho, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O anúncio foi feito pelo ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, em sua página pessoal do Facebook.

LEIA TAMBÉM:
Policiais que fazem segurança da Rio-2016 são atacados na Maré
Complexo da Maré, a bomba relógio que ninguém desativou

O ministro classificou o ataque como covarde e disse que o soldado Vieira é um verdadeiro herói do país. Moraes afirmou ainda que o presidente interino Michel Temer decretará luto oficial.

O soldado Vieira, que era de Roraima, e outros dois policias foram atacados quando entraram por engano no Complexo da Maré, conjunto de favelas que, de acordo com as promessas do governo do Rio de Janeiro, já deveria ter sido ocupado pelas forças de segurança. O capitão Alen Ferreira e o soldado Rafael Pereira, que também foram atingidos no ataque, voltaram para o alojamento da Força Nacional e receberam a visita do ministro.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.