Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Messi retorna à seleção argentina

Demonstrações de afeto dos torcedores e conversa com Bauza fizeram o atacante desistir da aposentadoria da equipe nacional

A angústia dos torcedores argentinos chegou ao fim: Lionel Messi está de volta. O atacante do Barcelona se apresentou nesta terça-feira à seleção argentina, meses depois de anunciar sua renúncia da equipe, após a derrota para o Chile na final da Copa América Centenário. O clamor popular e uma conversa com o novo técnico Edgardo Bauza foram decisivos para a mudança de ideia de Messi.

Leia também:
Pelé aconselha Messi a voltar à seleção argentina: “Espero que ele me ouça”
Argentinos vão às ruas no sábado pedir a volta de Messi à seleção
#NoTeVayasLio: argentinos imploram por permanência de Messi

O ex-treinador do São Paulo revelou nesta terça que Messi, inclusive, contrariou a vontade do Barcelona para servir a seleção. “O clube recomendou que não viajasse e ele disse ‘não, não, eu viajo’. Isso mostra que ele se interessa muito pela seleção. O que precisamos é que ele nos ajude a tornar a equipe melhor. Todos falam que Messi precisa ganhar as partidas, eu não penso que tenha que ser sempre assim”, comentou Bauza, em entrevista à Fox Sports da Argentina.

Messi, no entanto, ainda não tem presença garantida na partida contra o Uruguai, quinta-feira, às 20h30 (de Brasília), em Mendoza, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa de 2018. O atacante do Barcelona sente dores na coxa esquerda e passará por novos exames para avaliar a sua evolução física. Bauza, no entanto, demonstrou otimismo . “Ele está bem. Vamos cuidar dele, confio que vá chegar bem para a partida “, completou o treinador, em entrevista ao diário esportivo Olé.

 

(com Gazeta Press)