Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Messi dá show e Argentina volta a sonhar com a Copa de 2018

Com um golaço e duas assistências do craque, a seleção argentina bateu a Colômbia por 3 a 0 e voltou à zona de classificação para a Copa

Pressionada depois da massacrante derrota para a seleção brasileira, a Argentina contou com o talento de seu principal jogador para voltar a respirar nas eliminatórias. Com um golaço e duas assistências de Lionel Messi, a equipe bateu a Colômbia por 3 a 0, na cidade argentina de San Juan, e voltou à zona de classificação para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Com o resultado, a Argentina ultrapassou a própria Colômbia e é a quinta colocada das eliminatórias, com 19 pontos (um a mais que o adversário), posição que a levaria para a repescagem do Mundial. Restam seis rodadas para o fim das eliminatórias. A vitória ainda manterá a Argentina no topo do ranking da Fifa (caso perdesse e o Brasil vencesse o Peru, a seleção brasileira assumiria a liderança). 

Messi teve atuação apagada diante do Brasil em Belo Horizonte e chegou a passar mal no voo até San Juan. No entanto, o craque do Barcelona se recuperou em grande estilo e foi ovacionado pela torcida da província argentina próxima à Cordilheira dos Andes. Logo aos dez minutos, Messi bateu uma falta com maestria e abriu o placar. A bola ainda bateu no travessão, bem perto do ângulo, antes de entrar na meta de David Ospina.

A mudança do técnico Edgardo Bauza no ataque surtiu efeito: Lucas Pratto, do Atlético-MG, ganhou a vaga do contestado Gonzalo Higuaín e não decepcionou. Aos 22 minutos, Messi driblou defensores da direita para o meio e cruzou na cabeça de Pratto, que cabeceou no canto e marcou o segundo.

Na segunda etapa, a Argentina seguiu controlando a partida e selou a vitória já aos 39 minutos em mais uma jogada de Messi. Primeiro, o camisa 10 deu um toque de letra genial para Enzo Pérez, que foi desarmado. Na sequência, o próprio Messi roubou a bola do colombiano Jeison Murillo, invadiu a área e tocou para Ángel Di María, sem goleiro, marcar o terceiro.