Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Mesmo após eliminação, técnico do Arsenal é suspenso por três jogos

Por Da Redação 30 mar 2012, 11h25

O técnico Arséne Wenger foi punido nesta sexta-feira pela Uefa com uma suspensão de três jogos e com uma multa de 40 mil euros. O comandante do Arsenal foi condenado por causa de suas reclamações dirigidas à arbitragem logo após sua equipe ter sido eliminada pelo Milan nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

O Arsenal terá três dias para recorrer da decisão a partir do momento em que receber a notificação da Uefa. Caso a punição seja mantida, Wenger não poderá dirigir a equipe nos próximos três jogos em competições europeias. Atualmente, os ‘Gunners ‘lutam para se classificar à próxima Liga dos Campeões da Europa.

Essa já é a terceira vez que Wenger é punido pela Uefa por causa de questões relacionados à arbitragem. No ano passado, ele recebeu uma partida de suspensão depois da derrota por 3 a 1 para o Barcelona, que também eliminou o Arsenal nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Na ocasião ele questionou o árbitro suíço Massimo Busacca, que expulsou o holandês Van Persie no duelo.

Aquela suspensão deveria ter sido cumprida no primeiro jogo do Arsenal nesta Liga dos Campeões, contra a Udinese, mas Wenger a burlou e se comunicou com o assistente Boro Primoac por meio de um telefone celular durante o confronto. Graças a essa artimanha, o francês recebeu mais duas partidas de suspensão.

Continua após a publicidade
Publicidade