Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Meirelles evita dar valor do orçamento dos Jogos do Rio

Por Tiago Rogero

Rio – O presidente do Conselho Público Olímpico (CPO), Henrique Meirelles, afirmou nesta quarta-feira que os investimentos privados e públicos para os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio, vão ultrapassar os R$ 28,8 bilhões previstos no projeto de candidatura do governo brasileiro apresentado ao Comitê Olímpico Internacional (COI). O ex-presidente do Banco Central, no entanto, não quis antecipar o novo valor.

“Ainda não. Como mencionou o Carlos Nuzman (presidente do Comitê Olímpico Brasileiro e do Comitê Organizador dos Jogos do Rio), um dos exemplos de Londres (que sediará a Olimpíada em 2012) é não ser precipitado na divulgação de números. É muito importante que o número divulgado seja realista e seja cumprido”, afirmou Meirelles. Perguntado se o valor ultrapassaria os R$ 30 bilhões, disse: “Vamos aguardar”.

Meirelles participou no Rio de evento promovido pela revista Exame sobre a preparação da cidade para a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016. Segundo ele, a necessidade de rever o valor lhe foi comunicada pelo diretor executivo da Autoridade Pública Olímpica, o ex-ministro Márcio Fortes.

Nuzman, que também participou do evento desta quarta-feira, disse que a candidatura de Londres apontava 1,34 milhão de libras em investimentos nos Jogos de 2012. “O orçamento deles hoje, aprovado, está em 4 bilhões de libras”, afirmou o dirigente.

O presidente do CPO afirmou também que a Matriz de Responsabilidades, documento que detalhará as atribuições dos governos federal, estadual e municipal, quanto será gasto e quem será o responsável pela execução e financiamento de cada obra, ficará pronta até o fim do ano.

A presidente da Empresa Olímpica Municipal, Maria Silvia Bastos Marques, disse que o documento será divulgado após apresentação a integrantes do Comitê Olímpico Internacional (COI), que estarão no Rio nos dias 7 e 8 de novembro para acompanhar os preparativos envolvendo a Olimpíada.