Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mancini vê ‘comportamento estúpido’ de Tevez no City

Por AE-AP

Paris – O atacante Carlitos Tevez voltou a ser alvo de críticas do técnico Roberto Mancini, que segue acusando o jogador argentino de ter se comportado de maneira indigna ao se recusar a entrar em campo pelo Manchester City durante um jogo contra o Bayern de Munique, pela Liga dos Campeões da Europa.

Tevez não jogou mais pelo clube desde aquele episódio, ocorrido há mais de dois meses, e Mancini deixou claro que não conta mais com o atleta no time inglês. “Tevez se comportou estupidamente, da forma que um jogador não deveria, especialmente um grande jogador”, disse o treinador, em entrevista ao jornal francês L’Equipe, publicada nesta segunda-feira. “Eu estava realmente irritado. Porque eu não estava esperando isso dele. Eu sempre tive excelentes relações com ele”, acrescentou.

Após o episódio, o City inicialmente suspendeu Tevez por duas semanas e multou o jogador no dia 27 de setembro. Na época, o treinador se revoltou quando o argentino, que estava no banco de reservas, se recusou a ir para o aquecimento para entrar na partida contra o Bayern, que então vencia o duelo por 2 a 0.

Mancini ainda explicou que já ocorreram casos anteriores de jogadores que se recusaram a entrar em campo quando faltavam poucos minutos para o final de uma partida, mas ele disse que o caso de Tevez foi único, já que ainda faltavam 40 minutos a serem jogados contra o Bayern.

O treinador disse que poderia perdoar o atleta por sua atitude polêmica, mas, após a viagem do mesmo a seu país natal sem consultar o Manchester City, disse “não crer” que o argentino voltará a jogar pela equipe.

Mancini alega que “não fez nada para Tevez se comportar desta maneira” e depois revelou que o atacante se negou a pedir desculpas por sua atitude. “Dez dias depois do que aconteceu em Munique, eu o convidei para vir para minha casa conversar. Eu disse a ele que, se ele pedisse desculpas para mim, para o clube e para a equipe, ele poderia voltar para o plantel. Eu teria perdoado. Mas ele respondeu que não tinha que pedir desculpas a ninguém”, alegou Mancini.

O último jogo de Tevez pelo City foi disputado no dia 21 de setembro, quando a equipe enfrentou o Birmingham pela Copa da Liga Inglesa. E, há menos duas semanas, o empresário do atleta, o iraniano Kia Joorabchian, confirmou negociação com o Milan para acertar a transferência do jogador ao clube italiano, que só aceitaria contratá-lo por empréstimo.

“Ele é um bom rapaz, apesar do seu comportamento recente. Mas talvez ele não tenha as pessoas ao seu redor para dar a ele o conselho certo”, disse Mancini ao resumir o que pensa sobre Tevez, cujo futuro no futebol segue incerto.

Desde o início da temporada, o atacante tem declarado publicamente sua insatisfação no Manchester City e já pediu para ser transferido. O Corinthians chegou a negociar com o clube inglês na última janela de transferências, em julho, mas os valores não foram acordados para que ele voltasse a atuar pelo time do Parque São Jorge.