Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Liverpool não vai recorrer da suspensão do uruguaio Suárez

Por Paul Ellis - 3 jan 2012, 19h00

O Liverpool anunciou nesta terça-feira que não irá recorrer da suspensão por oito partidas do seu atacante uruguaio Luis Suárez, punido pela Federação Inglesa de Futebol (FA) devido a insultos racistas contra o lateral francês Patrice Evra, do Manchester United.

Na ausência de recurso, “Suárez estará suspenso imediatamente por um período de oito partidas, que começa nesta terça-feira à noite no jogo contra o Manchester City. O atleta também deverá pagar uma multa de 40.000 libras (48.000 euros), e foi advertido para não repetir tal conduta”.

A defesa de Suárez foi considerada “pouco confiável” e “inconsistente” pela comissão da FA que julgou o caso, no último sábado.

Apesar de não concordar com a sanção aplicada pela entidade, o Liverpool afirmou que decidiu não recorrer para não criar mais polêmica sobre o caso.

Publicidade

“Está na hora de deixar de lado esta questão para seguir adiante e trabalhar juntos para lutar contra o racismo de todas as formas, dentro e fora do esporte”, afirmou o clube num comunicado.

Publicidade