Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Jon Jones é pego no doping e está fora do UFC 200

Ex-campeão meio-pesado faria a luta principal deste sábado, mas foi novamente flagrado em exame. Badalado evento ainda terá José Aldo e Amanda Nunes

Por Da Redação 7 jul 2016, 09h51

O americano Jon Jones deu mais uma enorme dor de cabeça para a organização do UFC. O ex-campeão meio-pesado faria a luta principal do badalado UFC 200, neste sábado, em Las Vegas, diante do compatriota Daniel Cormier, mas foi cortado do evento, novamente por problemas com doping. O presidente do UFC Dana White comunicou o resultado do exame na madrugada desta quinta-feira e admitiu sua decepção.

“Ele terá tempo para se provar inocente novamente, mas estou bem desapontado”, afirmou Dana. Jones foi flagrado num teste fora das competições, conduzido pela Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA, na sigla em inglês), realizado no dia 16 de junho, já na reta final de preparação para a luta. A substância proibida utilizada não foi divulgada.

Leia também:

UFC nocauteia a crise e faz seu maior evento no Brasil

Jones perde o cinturão e é suspenso após ser preso nos EUA

Jon Jones admite vício em maconha e relembra acidente com grávida: ‘Me apavorei e fugi’

Sem tempo para uma substituição do adversário de Cormier, o UFC optou por “subir” a luta entre os experientes pesos-pesados Brock Lesnar e Mark Hunt, que farão a luta principal do evento em Las Vegas.

Em janeiro de 2015, Jones, então detentor do título da categoria e líder do ranking peso por peso, venceu o próprio Cormier por decisão unânime do júri e manteve o cinturão. No entanto, o americano foi pego no doping pelo uso de cocaína e ainda foi suspenso por seis meses por causa de um acidente de trânsito do qual fugiu sem prestar socorro às vítimas (uma delas estava grávida). Pela sequência de confusões, Jones teve seu título cassado pelo UFC.

Megaevento – Vendido como o maior evento da organização em todos os tempos, o UFC 200 terá a participação de quatro brasileiros. Amanda Nunes brigará pelo cinturão peso-galo feminino contra a campeã Miesha Tate, e José Aldo enfrentará Frankie Edgar pelo cinturão interino dos penas. Raphael Assunção e Thiago Marreta também estão escalados no card preliminar.

Além do megaevento de sábado, o UFC preparou outras duas noites de luta em Las Vegas para celebrar sua 200ª edição. Nesta quinta-feira, o brasileiro Rafael dos Anjos, campeão dos leves, fará a luta principal do “UFC: Dos Anjos x Álvares”, diante do americano Eddie Álvarez. Caso o lutador de Niterói seja derrotado, o Brasil ficará sem nenhum cinturão do UFC pela primeira vez desde 2006.

UFC 200 – 9 de julho de 2016, em Las Vegas, Estados Unidos

Card Principal:

Peso-pesado: Brock Lesnar x Mark Hunt

Continua após a publicidade

Peso-galo: Miesha Tate x Amanda Nunes

Peso-pena: José Aldo x Frankie Edgar

Peso-pesado: Cain Velásquez x Travis Browne

Card Preliminar:

Peso-galo: Cat Zingano x Julianna Peña

Peso-meio-médio: Johny Hendricks x Kelvin Gastelum

Peso-galo: TJ Dillashaw x Raphael Assunção

Peso-leve: Sage Northcutt x Enrique Marin

Peso-leve: Diego Sanchez x Joe Lauzon

Peso-médio: Gegard Mousasi x Thiago Marreta

(da redação)

Continua após a publicidade

Publicidade