Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Inter de Milão vence clássico e já briga pelo título

Por Da Redação 15 jan 2012, 18h51

Por AE

Milão – A Inter de Milão definitivamente chegou à briga pelo título do Campeonato Italiano. Neste domingo, a equipe do técnico Claudio Ranieri venceu o clássico contra o Milan por 1 a 0, com um gol de Diego Milito, e já está a apenas seis pontos da líder Juventus. O Milan, que tinha a chance de assumir a primeira posição, segue em segundo, com 37 pontos, um a menos que o time de Turim. Udinese, com 35, e Lazio, com 33, aparecem entre os dois times de Milão.

Esta foi a sexta vitória seguida da Inter de Milão, que chegou a frequentar a zona de rebaixamento do Campeonato Italiano. Se vencer também a Lazio, no domingo que vem, a equipe milanesa entre pela primeira vez na zona de classificação para a Liga dos Campeões, o que parecia ser impossível no começo da competição.

A Inter de Milão iniciou o jogo válido pela 18.ª rodada com quatro brasileiros como titulares: Julio Cesar, Maicon, Lúcio e Thiago Motta (naturalizado italiano). No Milan, Pato e Thiago Silva começaram jogando, mas o atacante foi pouco efetivo e acabou substituído por El Shaarawy. Robinho entrou no lugar de Zambrotta no segundo tempo.

O primeiro tempo foi equilibrado. Quem ameaçou primeiro foi a Inter, que chegou a balançar as redes com Thiago Motta, mas o gol foi anulado por impedimento. Já mais perto do fim da etapa, Alvarez chutou de primeira na pequena área e Abbiati fez grande defesa. Nos acréscimos, o Milan revidou com Van Bommel, que acertou a trave de Julio Cesar.

Apesar de o Milan, mandante no San Siro, ter mais posse de bola, foi a Inter que marcou aos 8 minutos do segundo tempo. Zanetti lançou para Milito, Abate tentou o corte, mas chutou o ar. A bola, assim, sobrou livre para o argentino dominar e bater na saída de Abbiati.

Em busca do empate, o Milan foi para o ataque, assustou Julio Cesar, mas não conseguiu marcar. Seedorf e Robinho tiveram as melhores chances, mas pararam no goleiro brasileiro.

Continua após a publicidade
Publicidade