Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Inter comemora ponto valioso conquistado na Bolívia

Por Da Redação 22 mar 2012, 09h36

Por AE

La Paz – O empate por 1 a 1 com o The Strongest em La Paz, em duelo válido pelo Grupo 1 da Libertadores, foi arrancado no final do segundo tempo, com o gol marcado pelo atacante Gilberto, e celebrado pelo Internacional. Ao lembrar que o Santos e o Juan Aurich, do Peru, foram derrotados na Bolívia, o técnico Dorival Júnior classificou como valioso o ponto conquistado na quarta-feira.

“É complicado jogar nesta altitude. Superamos várias dificuldades. Atuamos contra uma equipe que tirou pontos diante de todas as demais equipes do grupo. Este ponto tem um sabor especial”, disse Dorival, que teve o discurso repetido pelos jogadores do Internacional.

“Aqui é muito difícil de jogar. Cansa mesmo. A cabeça pesa. Mas conseguimos buscar o empate, que foi muito importante”, avaliou o zagueiro Índio.”A gente sabia que não podia perder aqui. Conseguimos um empate que fica de bom tamanho. Corremos o jogo todo e fomos presenteados com um gol no final”, destacou Nei.

O empate deixou o Internacional com sete pontos, na liderança do Grupo 1, que pode ser perdida nesta quinta-feira, caso o Santos derrote o Juan Aurich no Estádio do Pacaembu. Mas o presidente Giovanni Luigi acredita que o time está em boas condições na luta pela ponta da chave. “O resultado acabou sendo bom porque temos a chance de chegar como primeiro do grupo. O time foi valente e lutou muito”, analisou.

Após o empate com o The Strongest, o Internacional volta suas atenções para o Campeonato Gaúcho. No próximo domingo, às 16 horas, em Canoas, a equipe vai enfrentar o Canoas.

Continua após a publicidade

Publicidade