Clique e assine com até 92% de desconto

Hostilizado, Frizzo deixa área nobre do Pacaembu com seguranças

Por Da Redação 11 set 2011, 18h12

O clima ficou quente no Pacaembu depois da derrota do Palmeiras para o Internacional por 3 a 0. Alguns torcedores do Alviverde mostraram-se revoltados em função do placar largo e protestaram. Até o vice de futebol Roberto Frizzo sofreu com a irritação dos fãs do Verdão.

O dirigente acompanhou a partida das cadeiras cobertas azuis, setor mais nobre do estádio. Antes do terceiro gol do Inter, Frizzo seguiu para os vestiários e foi hostilizado por cerca de dez torcedores. Contudo, nenhum deles chegou perto em função da ação de seguranças.

Além disso, parte da torcida palmeirense xingou jogadores e até alguns jogadores, como o atacante Luan. Por fim, chamou a equipe de ‘medíocre’.

O Palmeiras completou quatro partidas sem vitória no Campeonato Brasileiro. Neste período, foram dois empates e duas derrotas – justamente depois do triunfo contra o maior rival, o Corinthians.

Continua após a publicidade
Publicidade