Clique e assine com até 92% de desconto

Grêmio de Roth tenta sair da má fase contra Palmeiras

Por Da Redação 6 ago 2011, 08h10

Por Elder Ogliari

Porto Alegre – O Grêmio quer começar a sair de seu pior momento no Campeonato Brasileiro neste sábado, às 18h30, contra o Palmeiras, no estádio do Canindé, em São Paulo, sob o comando de Celso Roth. O técnico, que já havia passado pelo Olímpico três vezes, foi contratado na última quinta-feira para sacudir o time e torná-lo competitivo. E mostrou que tem ambições ao afirmar que o horizonte do clube não pode ser menos do que o título das competições que disputa.

Antes de qualquer sonho, no entanto, o Grêmio precisa sair do atoleiro em que se meteu. O time tricolor é o 15.º colocado, com apenas 14 pontos em 13 jogos. Se perder para o Palmeiras, terá de torcer para que Atlético Goianiense, Avaí, Santos e Atlético Paranaense não vençam seus jogos no domingo para não afundar na zona de rebaixamento.

No único treino tático que fez, nesta sexta, Celso Roth reafirmou seu estilo, mostrando que está disposto a aplicar um tratamento de choque na equipe. Usando alguns palavrões, o técnico cobrou posicionamento dos jogadores, reclamou dos meias todas as vezes que eles perderam a bola, sugeriu aos defensores que dessem carrinhos e pediu aos atacantes que não demorassem para chutar a gol.

Embora não tenha antecipado a escalação, Roth deixou transparecer que o volante Adilson será improvisado como lateral-direito, no lugar de Mário Fernandes, contundido, e que o atacante Leandro jogará como uma espécie de quinto meio-campista, com a tarefa de dar velocidade aos movimentos de contra-ataque.

Continua após a publicidade
Publicidade