Clique e assine a partir de 9,90/mês

Times querem ceder jogadores para ajudar Chapecoense

Corinthians, Palmeiras e São Paulo também sugerem solicitação à CBF para proibir rebaixamento da Chapecoense pelos próximos três anos

Por Da redação - Atualizado em 29 Nov 2016, 16h37 - Publicado em 29 Nov 2016, 14h44

Os três grandes times da capital paulista se pronunciaram nesta terça-feira, lamentando o acidente aéreo que matou quase toda a delegação da Chapecoense, na madrugada desta terça-feira, na Colômbia. Além das mensagens de apoio, Corinthians, Palmeiras e São Paulo, entre outros grandes clubes do país, se mobilizaram para ajudar o time catarinense a se recuperar de forma mais rápida após a tragédia, que deixou 75 mortos e seis sobreviventes, dentre eles três jogadores do elenco.

Os clubes, que incluem também Cruzeiro, Fluminense, Vasco, Botafogo e Portuguesa, em notas divulgadas nos sites oficiais, propuseram duas medidas: ceder gratuitamente jogadores por empréstimo até o final da próxima temporada e também uma solicitação à CBF para que a Chapecoense não seja rebaixada pelos próximos três anos a fim de se manter na elite do Campeonato Brasileiro e não ser prejudicada.

A delegação da Chapecoense partiu do Aeroporto Internacional de Guarulhos nesta segunda-feira, em um voo comercial, com destino a Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, e de lá embarcou rumo a Medellín.  O avião caiu na madrugada desta terça-feira, deixando 75 mortos e seis resgatados com vida:os jogadores Hélio Hermito Zampier Neto, Alan Ruschel e Jackson Follmann, o jornalista Rafael Henzel, a aeromoça Ximena Suárez e o técnico da aeronave Erwin Tumiri. O time disputaria a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional nesta quarta-feira.

Confira na íntegra a nota divulgada pelos clubes:

Continua após a publicidade

Neste momento de perda e de profunda tristeza, nós, presidentes dos clubes brasileiros que publicam esta nota, gostaríamos de manifestar nossos mais sinceros sentimentos de pesar e solidariedade à Associação Chapecoense de Futebol e seus torcedores, e em especial às famílias e amigos dos atletas, comissão técnica e dirigentes envolvidos na tragédia ocorrida na madrugada desta terça-feira (29). Mesmo cientes dos prejuízos irreparáveis provocados por este terrível acontecimento, os clubes entendem que o momento é de união, apoio e auxílio à Chapecoense. Neste sentido, os clubes anunciam Medidas Solidárias à Chapecoense, que consistirão, dentre outras, em:

(i) Empréstimo gratuito de atletas para a temporada de 2017; e
(ii) Solicitação formal à Confederação Brasileira de Futebol para que a Chapecoense não fique sujeita ao rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro pelas próximas 3 (três) temporadas. Caso a Chapecoense termine o campeonato entre os quatro últimos, o 16º colocado seria rebaixado.

Trata-se de gesto mínimo de solidariedade que se encontra ao nosso alcance neste momento, mas dotado do mais sincero objetivo de reconstrução desta instituição e de parte do futebol brasileiro que fora perdida hoje.

Publicidade