Clique e assine com até 92% de desconto

Ginasta ganha BMW por participar da Rio-2016 – mas devolve

A indiana Dipa Karmakar, quarta na prova do salto sobre cavalo, tomou a decisão por não saber dirigir e também por causa do alto custo de manutenção

Por Da redação 17 out 2016, 18h31

Primeira mulher da Índia a competir pela ginástica em uma Olimpíada, Dipa Karmakar virou uma estrela em seu país pela participação na Rio-2016, em agosto. A atleta de 23 anos, apelidada de Guddu, ganhou uma BMW modelo 320D do compatriota Sachin Tendulkar, astro do cricket mundial – o esporte mais popular da Índia. Mas apesar de comparecer em um evento e tirar fotos com Tendulkar ao lado do carro, avaliado aproximadamente em 165 mil reais, a ginasta disse em seu perfil no Twitter que vai devolver o presente. “Muito agradecida pela BMW dada por Sachin, mas não vou conseguir mantê-la em Tripura (Estado da Índia), então estou devolvendo”, disse Karmakar.

De acordo com o jornal The Times of India, ela tomou a decisão por não conseguir manter o alto custo de manutenção do carro, já que segundo a publicação não há um centro oficial de reparos da montadora alemã na cidade de Argatala, onde vive junto com a família. Outros fatores foram levados em conta, como as péssimas condições das estradas e vias do local, e também o fato de ainda não saber dirigir.

  • Rio-2016 – Dipa Karmakar ficou em quarto lugar na prova do salto sobre o cavalo, resultado histórico considerando que essa foi a primeira participação de uma mulher indiana na ginástica olímpica. Em entrevista a VEJA, logo após dar adeus à Olimpíada do Rio de Janeiro, Karmakar disse que adorou estar no Rio de Janeiro e que a experiência valeu a pena mesmo sem faturar uma medalha. 

    Continua após a publicidade
    Publicidade