Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Galliani confirma acordo do Milan com Tévez e espera posição do City

(Atualiza com a confirmação oficial do acordo).

Roma, 6 dez (EFE).- O representante do atacante Carlos Tévez, Kia Joorabchian, e a diretoria do Milan chegaram a um acordo para uma transferência do argentino para o clube ‘rossonero’, faltando ainda um acordo com o Manchester City, revelou nesta terça-feira o executivo-chefe do clube italiano, Adriano Galliani.

Em declarações ao canal de televisão do clube ‘rossonero’, Galliani afirmou qeu conseguiu convencer Tévez a abrir mão de ‘uma montanha de dinheiro’ através das reuniões tidas com Kia na noite de segunda-feira e nesta terça.

‘Há um acordo com o jogador e há pouco mandamos um e-mail com uma proposta para o City: empréstimo gratuito com direito a compra. Ontem e hoje, coloquei alguns tijolos para reforçar a equipe com um jogador que é formidável’, disse o dirigente, braço direito do proprietario do clube, o ex-primeiro-ministro da Itália Silvio Berlusconi.

‘Tévez tinha muito a acrescentar ao City no Campeonato Inglês e na Liga dos Campeões, mas não está jogando. É um grande jogador, e, se for bem conosco, poderemos contratá-lo depois. Ele quer jogar com a gente, então a metade da transferência já está feita. Agora, vamos esperar a resposta do City’, acrescentou.

O jornal esportivo ‘Corriere dello Sport’ afirma em sua edição digital que o acordo entre o agente de Tévez e o Milan gira em torno de 3 milhões de euros de salário, valor que pode chegar a 5 milhões de euros em bonificações nas três temporadas seguintes, caso ele siga no clube.

De acordo com o periódico, o acordo, que se baseia em uma proposta de cessão gratuita do atacante até junho com opção de compra posteriormente, chega depois que Joorabchian se reuniu com o dirigente Adriano Galliani entre a noite de segunda-feira e esta terça em Milan.

O ‘Corriere dello Sport’ indica que o acordo gira em torno de 3 milhões de euros, que é o salário que o jogador terá até o final da temporada em Milão, podendo chegar a 5 milhões se somadas as bonificações.

Segundo o jornal, o representante do argentino voltará para a Inglaterra para tratar com o Manchester City a proposta do Milan, que será remetida também por fax pelo próprio clube italiano, que é propriedade do ex-primeiro-ministro do país, Silvio Berlusconi.

O clube milanês, atual campeão italiano, propõe ao Manchester City o empréstimo gratuito de Tévez até junho de 2012 para depois pagar pelo jogador entre 15 e 20 milhões de euros em definitivo.

As informações são de que após o acordo entre Galliani e o agente do jogador, o próprio Tévez conversou pelo telefone com o dirigente do Milan, e lhe disse que está pronto para jogar no clube italiano e que chegará em seguida.

O desejo de Tévez, ex-atacante do Boca Juniors, Corinthians, West Ham e Manchester United, de mudar de clube começou em dezembro do ano passado. Na ocasião, o argentino chegou a solicitar sua transferência diretamente e por escrito ao Manchester City.

O clube inglês rejeitou seu pedido e, desde então, a imprensa britânica divulgou numerosas situações da suposta má relação que existe entre o jogador e o técnico, o italiano Roberto Mancini, que teve o desencadeante final quando o atacante se negou a sair do banco para jogar 35 minutos contra o Bayern de Munique, em um jogo da Liga dos Campeões. A recusa valeu ao argentino uma multa de duas semanas sem salário. EFE