Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fluminense apresenta reforços com gafe em uniforme

Jefferson Orejuela e Junior Sornoza são equatorianos, mas vestiram camisas com bandeiras da Colômbia. Clube diz que a culpa foi da assessoria dos atletas

O Fluminense recebeu com pompa seus dois reforços para 2017, os equatorianos Jefferson Orejuela e Junior Sornoza, na manhã desta terça-feira. O clube, porém, não contava com uma gafe geográfica: ao desembarcar no Aeroporto Internacional do Galeão, os atletas receberam camisas com seus nomes – e uma bandeira da Colômbia! O erro gerou piadas nas redes sociais e o Fluminense fez questão de garantir que não foi responsável pelo acidente diplomático. 

“O Fluminense informa que não tem envolvimento com a produção das camisas que Sornoza e Orejuela usaram no desembarque, na manhã desta terça. A confecção das camisas foi uma medida da assessoria particular dos jogadores”, informou o clube nas redes sociais.

A empresa La Marca Comunicação, que representa os atletas, assumiu o erro – mas deu uma justificativa, digamos, criativa: “Retiramos o símbolo da bandeira equatoriana e a faixa da brasileira para não explicitar nenhum tipo de política. De fato, a bandeira equatoriana ficou igual à da Colômbia, que para nós da empresa, ficamos com a visão do copo meio cheio, afinal de contas, a Colômbia demonstrou ao mundo inteiro o maior exemplo para o futebol mundial sobre a tragédia ocorrida há um pouco mais de um mês. E para nós, isso é o que importa.” A bandeira do Equador se diferencia da colombiana apenas por um brasão ao centro.

Um grupo de torcedores tricolores foi ao aeroporto e saudou Orejuela e Sornoza. A torcida do Fluminense ainda aproveitou para entoar gritos contra o ex-ídolo Dario Conca, contratado na noite anterior pelo rival Flamengo. Em meio a palavrões, os torcedores cantaram que Orejuela e Sornoza eram melhores que o argentino.

Os meio-campistas equatorianos se destacaram no ano passado, na campanha que rendeu ao equatoriano Independiente del Valle o vice-campeonato da Copa Libertadores. Além disso, ambos são constantemente convocados à seleção equatoriana.  Após o desembarque, Orejuela e Sornoza seguiram para um hotel no Rio. Ele serão apresentados oficialmente nesta quarta-feira, quando também ocorrerá o retorno do elenco.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Napoleao Gomes

    Isso é resultado da lei estadual que proíbe reprovação nas escolas do RJ. Criou-se uma geração de analfabetos!

    Curtir

  2. Aloisio Barros

    Países da América Latina, menos o Brasil e Argentina, claro, deveriam ter uma única bandeira bolivariana.

    Curtir

  3. Luiz Allgayer

    Esse pessoal de mkt tem uma criatividade impressionante. Quando é para o futebol, sai de baixo, eles se superam.

    Curtir

  4. Pablo Oliveira

    Também tinha visto assim. Retiraram o símbolo da bandeira, como fizeram com a do Brasil, deixando só os elementos básicos, o que deixou a do Equador igual à colombiana. Mas o ideal seria ter apresentado as bandeiras completas.

    Curtir