Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Flu seca líder, mas sabe que precisa fazer sua parte

Por Tiago Rogero

Rio – Na briga pelo título do Campeonato Brasileiro, o Fluminense vai fazer clássicos nas duas últimas rodadas, contra Vasco e Botafogo. O próximo, contra o time da Colina, domingo, no Engenhão, definirá qual das equipes seguirá sonhando com a taça – ou decepcionará as duas torcidas, já que, dependendo dos resultados, o Corinthians pode ser campeão na próxima rodada. Por isso, os jogadores tricolores admitem a torcida por uma vitória do Figueirense, domingo, contra os corintianos.

No desembarque no Rio, nesta segunda, após a goleada sobre os catarinenses, por 4 a 0, o zagueiro Leandro Euzébio disse que pediu a dois jogadores do Figueirense, Elias e Wellington Nem, para “darem a vida” contra o Corinthians. “Mas também precisamos fazer a nossa parte”, disse. “Tudo é possível”. Com a vitória de domingo, a equipe das Laranjeiras garantiu vaga na Copa Libertadores do ano que vem.

Autor de três gols na partida, o atacante Fred disse que terá “dor de cabeça” com a marcação do vascaíno Dedé, no domingo, a quem o artilheiro tricolor chamou de “irmão”. “Em campo ele marca muito e é chato demais (…) São duas equipes em momentos maravilhosos e que ainda brigam pelo título. Será um jogo especial”, disse Fred.

Com os sete gols nos últimos dois jogos, o atacante chegou aos 20 no Brasileirão. Fred agora tem a melhor média de gols por partida: 20 em 23 jogos disputados. O Fluminense, que conquistou antecipadamente o “título” de melhor equipe do segundo turno do campeonato, tem o ataque mais eficiente da competição: 58 gols. O time das Laranjeiras está em terceiro lugar no Brasileirão, com 62 pontos, cinco a menos que o Corinthians e três a menos que o Vasco.