Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Federação pede suspensão de Cielo e mais três com urgência

Brasileiro campeão olímpico pode ficar de fora do Mundial de Xangai, que começa dia 24 de julho

Por Da Redação 8 jul 2011, 16h30

A Federação Internacional de Natação (Fina) pediu que todos os resultados do nadador brasileiro Cesar Cielo desde o dia 7 de maio deste ano sejam anulados por conta da acusação de doping do atleta. A informação foi divulgada nesta sexta-feira pela Corte Arbitral do Esporte (CAS), na Suíça, que confirmou ter recebido um recurso para rever a advertência da Confederação Brasileiro de Desportos Aquáticos (CBDA).

Cielo, recordista mundial dos 50m e 100m livre, e os brasileiros Henrique Barbosa, Nicholas Santos e Vinicius Waked, tiveram resultado positivo para a substância proibida furosemida (diurética) em exames antidoping realizados durante a última edição do Troféu Maria Lenk, em maio, no Rio. Os atletas admitiram o uso de um suplemento de cafeína, que estaria em um lote contaminado durante a manipulação. As autoridades brasileiras haviam feito uma advertência aos nadadores, o que foi julgado como insuficiente pela Fina. Mundial – Cielo pode ficar de fora do Mundial de Esportes Aquáticos, que começa no dia 24 em Xangai, na China. A Fina também quer impor ao atleta uma suspensão de seis meses. Com isso, o campeão olímpico dos 50 metros livre poderia participar dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Cielo também pode perder as três medalha de ouro conquistadas no Aberto de Paris, torneio preparatório para o Mundial e realizado após o Troféu Maria Lenk. O brasileiro venceu os 50m e 100m livre, e os 50m borboleta com os melhores tempos da temporada. (Com agências Estado e Gazeta Press)

Publicidade