Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

F1: McLaren volta a ter carro laranja – e desagrada fãs

Escuderia britânica não competia em laranja desde a temporada de 1971. Torcedores reclamaram da semelhança com carros de equipes extintas

A McLaren apresentou nesta sexta-feira, em sua sede em Woking, no sudoeste de Londres, seu renovado carro para a temporada 2017 da Fórmula 1. O modelo MCL32, na verdade, remonta às origens da escuderia inglesa: voltou a ser laranja, como os primeiros carros da McLaren nos anos 1960. A mudança repercutiu bastante entre os fãs de automobilismo e nem todos aprovaram a cor dos carros que serão usados pelo espanhol Fernando Alonso e pelo belga Stoffel Vandoorne.

O MCL32 é também o primeiro carro da McLaren F1 desde 1981 a não incluir “MP4″ no nome – o prefixo foi batizado por Ron Dennis, ex-presidente da equipe, que deixou a equipe em novembro do ano passado, após 36 anos. 

A McLaren, que vem realizando temporadas decepcionantes há vários anos, não utiliza a cor laranja em seus carros desde 1971. Nos últimos anos, o carro manteve tons escuros, em preto e prateado, com detalhes em vermelho. No auge de Ayrton Senna, entre as décadas de 80 e 90, os carros da equipe eram em vermelho e branco.

Nas redes sociais, torcedores insatisfeitos lembraram que o  atual modelo, em laranja com detalhes em preto, lembra carro das já extintas equipes Marussia e Arrows. Abaixo, algumas das reclamações: