Clique e assine a partir de 9,90/mês

F1: Ferrari apresenta seu carro, mais vermelho, para 2017

Modelo SF70H, batizado em homenagem aos 70 anos da escuderia italiana, tem menos detalhe sem branco e bico mais alongado

Por da redação - 24 fev 2017, 10h03

A Ferrari revelou nesta sexta-feira os carros com o quais o finlandês Kimi Raikkonen e o alemão Sebastian Vettel tentarão recolocar a escuderia italiana no topo da Fórmula 1 em  2017. O modelo SF70H, batizado em homenagem aos 70 anos da empresa, foi apresentado em Fiorano, na Itália, e traz algumas inovações. 

Os construtores explicaram que o carro se caracteriza, sobretudo, por sua carga aerodinâmica e aderência mecânica. O SF70H conta com maior presença da cor vermelha em sua fuselagem, com os detalhes em branco de 2016 consideravelmente reduzidos, presente somente na barbatana sobre o capô e no aerofólio traseiro, adornados com uma bandeira italiana.

Para atender as normas da FIA, o novo modelo é mais largo e apresenta o bico mais alongado. Chama atenção o aerofólio dianteiro, em forma de seta, uma barbatana-asa em branco e apêndices aerodinâmicos na frente das entradas de ar nos flancos. Na parte dianteira foi instalado um duto de ar com funções aerodinâmicas enquanto na traseira, atrás do piloto, o arco de proteção, que inclui a entrada de ar do motor, foi completamente redesenhado.

Os pneus da SF70H, de Pirelli, são mais largos que no passado – seis centímetros a mais em cada roda anterior e oito centímetros nas traseiras -, para conferir ao veículo maior aderência e, portanto, maior velocidade nas curvas.

O carro contará com cilindrada de 1.600 centímetros cúbicos, motor a 125.000 rotações por minuto e peso de 728 quilos, incluídos o piloto e a carga de água e combustível. Seu nome se deve ao aniversário de 70 anos da mítica escuderia, fundada oficialmente em 1947, quando saiu das oficinas de Maranello o primeiro veículo do fundador Enzo Ferrari, o 125S.

(com agência EFE)

Publicidade