Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Estrela na Rio-2016, ginasta Simone Biles ‘ataca’ de cheerleader

Criada pelos pais adotivos na região metropolitana de Houston, a atleta de 20 anos realiza sonho de virar cheerleader dos Texans, na NFL

Sensação na Olimpíada do Rio de Janeiro, a ginasta americana Simone Biles – dona de quatro medalhas de ouro na competição sediada no Brasil – resolveu sentir na pele o que é ser uma cheerleader de um time de futebol americano, na NFL, maior liga da cate. Colocar mulheres com uniformes performando coreografias acrobáticas é tradição nos esportes dos Estados Unidos. A paixão é incentivada desde a época de colégio e, a elas, são reservadas espaço para verdadeiros espetáculos antes e durante os jogos.

Biles, criada na região metropolitana de Houston, maior cidade do famoso estado do Texas, no sul dos Estados Unidos, revelou profundo interesse de fazer parte da equipe do Houston Texans. Seu desejo foi atendido: a ginasta de 20 anos foi convidada a cheerleader honorária dos Texans durante a partida contra o San Francisco 49ers neste domingo. Ela postou nas redes sociais sobre a experiência e, inclusive, o próprio time da NFL mostrou estar ansioso pela estreia de Simone Biles no grupo de cheerleaders.