Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Empurrado pela torcida, embalado Náutico bate Criciúma e é vice-líder

O Náutico fez valer a força de sua torcida neste sábado. No lotado Estádio dos Aflitos, o Timbu aproveitou-se da fase instável do Criciúma e venceu por 2 a 1, completou oito jogos de invencibilidade (cinco triunfos e três empates) e assumiu a vice-liderança da Série B, com 41 pontos, dois a menos que a líder Portuguesa.

Os gols da partida foram marcados por Kieza, no final do fraco primeiro tempo, e Peter, aproveitando contra-ataque. Rogélio descontou no final da segudna etapa, que teve até uma cena assustadora, após choque entre Schwenck e Ronaldo Alves, mas os dois atletas passam bem.

O Jogo – Mais consistente durante os 90 minutos de partida, o Timbu soube fazer valer o seu mando de campo para sair vencedor. Após um primeiro tempo fraco, Kieza, um dos poucos que conseguia produzir algo de diferente no campo ofensivo, aproveitou cobrança de falta da direita e cabeceou firme para inaugurar o marcador.

No segundo tempo, ambas equipes voltaram mais atentas. Um lance, aos dez minutos, porém, acabou atrapalhando o bom ritmo e preocupando os atletas dentro de campo.

O atacante Schwenck, do Criciúma, chocou-se pelo alto com o zagueiro Ronaldo Alves e caiu desacordado. Ele foi levado de ambulância a um hospital próximo ao estádio, de onde saiu consciente e acordado. o defensor chegou a ficar um tempo caído, mas levantou-se ainda no gramado.

O episódio acabou por esfriar os ânimos, mas não demorou muito para os alvirrubros colocarem em números a sua superioridade dentro de campo. Aos 25 minutos, Peter recebeu dentro de área e chutou fraco, mas o goleiro Andrey aceitou.

A partir dali, o Timbu soube controlar a posse da bola e não sofreu muitos riscos. Só bem no final da partida, já aos 51 minutos de bola rolando, os catarinenses conseguiram diminuir. Rogélio aproveitou cobrança de escanteio e desviou para marcar. Mas a reação parou por aí, selando o 2 a 1 e a vice-liderança para os donos da casa.

Com o resultado, o Náutico chegou a 41 pontos conquistados, ultrapassando a Ponte Preta (40) e ficando a dois da líder Portuguesa. Enquanto isso, o Tigre estacionou nos 31 pontos ganhos, e viu o G-4 se distanciar.

Na próxima rodada, os pernambucanos viajam até Bragança Paulista para encarar o Bragantino, na terça-feira, às 20h30 (de Brasília). No mesmo horário, o Criciúma tenta a reação dentro de casa, enfrentando o desesperado Vila Nova.