Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Elogiado por Roth, Fabinho não se considera titular do Cruzeiro

Por Da Redação 11 jun 2012, 11h47

O técnico Celso Roth ficou satisfeito com o desempenho do atacante Fabinho, que estreou no segundo tempo do jogo contra o Botafogo e foi titular diante do Sport, ao entrar na vaga do volante Souza, deixando o Cruzeiro mais ofensivo. O treinador celeste se diz impressionado com o jogador, que, segundo ele, dá opções táticas no decorrer da partida e vem ganhando espaço no elenco da Raposa.

‘Estou muito impressionado com o Fabinho, que é um jogador tático. O que quero dizer é que ele é jogador de ataque, mas que ajuda a defesa e nos dá uma sustentação grande. Por isso, ele se mantém na equipe e espero que se mantenha’, disse.

O treinador ainda revelou que ficou preocupado com uma possível lesão do ex-jogador do Guarani, o qual teve um choque com o goleiro Magrão do Sport. ‘Fiquei preocupado com o choque que ele teve e só juiz não viu nada’, afirmou Roth, que escalou Fabinho ao lado de Wellington Paulista e recuou Montillo para atuar na armação da jogadas.

Fabinho ficou feliz com os elogios de Roth, mas ainda não se considera titular do Cruzeiro, e afirma que tem que trabalhar muito para conquistar espaço no time celeste. ‘Não tem titular aqui. Todo mundo tem mérito de ser titular. Tenho que trabalhar sempre, e o grupo que está de parabéns’, disse Fabinho, que comentou a atuação e as dificuldades do jogo contra o Sport.

‘O jogo foi complicado, disputado. Sabia que ia ser difícil pela qualidade do Sport. Vieram para jogar no nosso erro. Depois, no segundo tempo, melhoramos um pouco. Estou feliz e tranquilo pela atuação. Procurei fazer o simples, aquilo que vinha fazendo, nada além do que me fez estar no Cruzeiro’, declarou.

Continua após a publicidade
Publicidade