Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Djokovic é surpreendido no segundo set, mas bate azarão e avança

Qualquer resultado que não uma vitória fácil de Novak Djokovic sobre o espanhol Daniel Gimeno Traver poderia ser considerado uma zebra. Enfrentando apenas o número 137 do mundo, o líder do ranking mundial da ATP confirmou o favoritismo no primeiro saque, vencido por 6/2, mas viu o azarão vencer o segundo set pelo mesmo placar. Apesar do susto, o sérvio não se abateu e foi novamente superior no último set, vencido por 6/3.

Atual campeão do torneio, Djokovic não encontrou dificuldades para fechar o seu primeiro set no Masters 1000 de Madri. Após quebrar o segundo saque de Gimeno e abrir 3/1, o número 1 do mundo mostrou superioridade para quebrar novo saque e abrir 5/2, fechando o set em seu serviço, na sequência.

O que parecia rumar para uma partida tranquila ao sérvio, porém, transformou-se em um resultado improvável no segundo set. Logo no segundo saque de Djokovic, Gimeno quebrou o serviço e ampliou a vantagem nos três games seguintes, chegando a 5/1 no placar. Abatido, Djoko conseguiu confirmar o saque seguinte, diminuindo a diferença para 5/2, mas viu o espanhol fechar o período no game seguinte.

Surpreso, Djokovic voltou ao terceiro set mais concentrado e errando menos, não permitindo a quebra de saque a Gimeno, que equilibrava a partida. No terceiro serviço do espanhol, porém, Djoko conseguiu a quebra e abriu 4/2, mantendo a vantagem em dois pontos até seu saque final, quando fechou o jogo em 6/3.

O sérvio volta ao saibro azul nesta quinta, quando enfrenta o vencedor do confronto entre o suíço Stanislas Wawrinka e o austríaco Jurgen Melzer, que entram em quadra nesta quarta.