Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

De contrato renovado, Rosberg é o mais rápido na Hungria

Líder do campeonato, alemão da Mercedes se aproveitou de acidente de Lewis Hamilton e liderou o segundo treino livre em Budapeste

O alemão Nico Rosberg teve uma sexta-feira bastante agradável. Depois de anunciar a renovação de seu contrato com a Mercedes por mais dois anos, o líder da temporada da Fórmula 1 superou o companheiro de equipe – e maior rival – Lewis Hamilton no segundo treino livre do dia em Budapeste, onde acontece o GP da Hungria no domingo.

Hamilton foi o mais rápido do primeiro treino e vinha liderando também a segunda sessão,  mas bateu na curva 11 do circuito e não voltou às pistas. Nico Rosberg aproveitou a chance e assumiu a ponta do treino, cravando 1min20s435, com mais de meio segundo à frente dos demais pilotos.

Leia também:
Hamilton vence GP da Inglaterra pelo 3º ano e cola em Rosberg
Hamilton diz que F1 está falida e que Moto GP é mais emocionante
F1: Alonso faz piada sobre troca da Red Bull e deixa rivais constrangidos

Após a batida, Hamilton levou seu carro aos boxes e foi para o centro médico do circuito realizar exames de checagem. Apesar de não apresentar grandes danos, sua Mercedes foi recolhida para análises dos mecânicos.

O australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, ficou com a segunda melhor volta, e o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, foi o terceiro. O holandês Max Verstappen, jovem companheiro de Ricciardo, foi o quarto colocado e o finlandês Kimi Raikkonen, parceiro de Vettel, ficou na sexta colocação.

Assim como na primeira parcial, o brasileiro Felipe Massa, da Williams, ficou na 12ª colocação, desta vez duas posições à frente do finlandês Valteri Bottas, seu companheiro. A Sauber de Felipe Nasr não teve bom rendimento e ficou apenas na 20ª colocação.

O treino classificatório para o GP da Hungria acontece neste sábado, a partir das 9h (de Brasília) – mesmo horário da corrida de domingo. Rosberg lidera o campeonato com 168 pontos, apenas um a mais que Hamilton. Bem distante, Raikkonen é o terceiro, com 106.