Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Damião passa em branco e Flamengo perde para o Sport

Quarto colocado, o Flamengo tem 34 pontos, mas corre o risco de deixar o G4 com os jogos que fecham a rodada neste domingo

O Flamengo perdeu a oportunidade de dormir na liderança do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste sábado, na abertura do returno, o time carioca foi derrotado pelo Sport por 1 a 0, na Arena Pernambucano, em Recife (PE). A partida marcou a estreia de Leandro Damião com a camisa flamenguista. Ele entrou no segundo tempo e perdeu uma chance para marcar.

Quarto colocado, o Flamengo tem 34 pontos, mas corre o risco de deixar o G4 (zona de classificação da Copa Libertadores) no decorrer da rodada, em caso de vitória de Grêmio ou Santos. O Sport subiu para o nono lugar, com 26 pontos, ainda sonhando em encostar nos primeiros colocados.

Leia mais:
Doda diz que Jogos o ajudaram a superar divórcio
Jade mostra foto de tornozelo inchado
No Rio, até o tênis é barulhento
Edições digitais de VEJA com as melhores fotos da Olimpíada 

Nem mesmo a lesão do meia Diego Souza, trocado por Edmilson com mesmo de dez minutos, foi capaz de acabar com a pressão inicial do Sport. Em jogada individual, Rodney Wallace exigiu grande defesa de Alex Muralha em chute de fora da área. Os donos da casa mantiveram o ritmo, aproveitando a falta de criatividade do time carioca, e abriram o placar aos 21 minutos.

Rogério fez grande jogada individual pela esquerda, deu corte seco em Réver e rolou para o meio da área. Edmilson apareceu para completar para o fundo das redes. O Flamengo não conseguiu se encontrar. Willian Arão e Márcio Araújo foram bem marcados e não conseguiram começar as jogadas do visitante. Com isso, os atacantes pouco tocaram na bola e não levaram perigo.

O único lance de susto foi em finalização de fora da área de Mancuello. Do outro lado, o Sport era perigoso quando usava a velocidade. Everton Felipe tentou em chute cruzado e por pouco não levou uma vantagem maior para o intervalo.

O Flamengo voltou com Alan Patrick para tentar melhorar a qualidade na construção das jogadas. A troca, no entanto, não funcionou da forma que o técnico Zé Ricardo gostaria. Os cariocas tinham a posse da bola, mas não criavam lances perigosos no ataque. O Sport, por outro lado, se fechou bem e usou os contra-ataques.

Muralha conseguiu salvar o Flamengo em duas oportunidades consecutivas. Primeiro em finalização de Edmilson, depois em chute de Rogério. Nas duas defesas, os atacantes pernambucanos ficaram de frente com o goleiro flamenguista.

Na base do desespero, Zé Ricardo sacou Marcelo Cirino e promoveu a estreia de Leandro Damião, deixando o time com dois centroavantes de ofício. Na base da força, o Flamengo ainda teve uma chance de marcar. Após cruzamento longo, Guerrero venceu a disputa pelo alto e tocou para Damião. O estreante chegou dividindo com Magrão e não conseguiu finalizar.

O Sport volta a campo contra o Botafogo, no próximo sábado, às 21 horas, no estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG). No domingo, o Flamengo recebe o Grêmio, às 11 horas, no Mané Garrincha, em Brasília (DF).

(Com Estadão Conteúdo)