Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Croácia perto da vaga terá sua prova de fogo contra ‘renascidos’ italianos

Gdynia (Polônia), 13 jun (EFE).- Líder de um grupo que ainda tem Espanha e Itália, a Croácia pode eliminar umas dessas potências, no duelo direto contra os italianos, na abertura da segunda rodada do grupo C da Eurocopa, nesta quinta-feira, às 13h (horário de Brasília) no Estádio Municipal de Poznan, na Polônia.

Os croatas, com três pontos ganhos na vitória sobre a Irlanda, se classificam para as quartas de final em caso de vitória, fazendo restar apenas uma vaga na chave. Por sua vez, a Itália vem motivada depois do seu ‘renascimento’ contra os atuais campeões do mundo.

Após o empate em 1 a 1 com a Espanha, com uma atuação muito elogiada que serviu para segurar a ‘Fúria’, os italianos irão em busca da vitória, que pode até dar a liderança do grupo ao fim da rodada.

Antes lembrada entre as forças da Euro apenas pela sua tradição de sua camisa, já que convivia com lesões de titulares e até mesmo um escândalo de apostas no futebol do país, a Itália mostrou futebol convincente, com boa marcação e precisão ofensiva.

Para o jogo desta quinta-feira é pouco provável que o técnico Cesare Prandelli faça mudanças na equipe. A presença do volante Danielle De Rossi na zaga deve ser confirmada, já que a novidade deu segurança ao time.

O quinteto formado por Maggio, Chiellini, De Rossi, Bonucci e Giacherini pararam o potente ataque espanhol e se firmaram como o ponto forte da ‘Azzurra’.

A única mudança que pode pintar na equipe seria a saída de Mario Balotelli do ataque, depois da decepcionante atuação contra Espanha. Em seu lugar, entraria Antonio Di Natale, justamente quem entrou no lugar do atacante do Manchester City durante a partida e acabou marcando o gol italiano no empate.

A certeza é a escalação de Antonio Cassano, jogador que tem virado atração por causa das suas declarações polêmicas, depois de dizer que não gostaria que houvesse algum homossexual na seleção da Itália.

A Croácia, por sua vez, estreou sem qualquer problema ofensivo, atingindo inclusive uma proeza, ao marcar três gols contra a Irlanda. O destaque ficou por conta do atacante Mario Mandzukic, autor de dois gols.

De olho na classificação, e até mesmo no primeiro lugar da chave, que pode vir em caso de vitória sobre a Itália e empate no confronto entre espanhois e irlandeses, o técnico Slaven Bilic deve manter o time que venceu na estreia.

Até mesmo o lateral Corluka, que vêm sentindo alguns problemas físicos, deve atuar mais uma vez, depois de ter se apresentado bem contra a Irlanda.

Sabendo da oportunidade de tirar uma potência do futebol mundial do seu caminho, os croatas deixam bem claro que o objetivo é a vitória nesta quinta-feira. ‘Vamos tentar os três pontos contra eles (os italianos), de maneira a disputarmos o terceiro jogo sem pressão’, disse o atacante Nikica Jelavic.

Escalações prováveis

Itália: Buffon; Maggio, Chiellini, De Rossi, Bonucci e Giacherini; Thiago Motta, Pirlo e Marchisio; Cassano e Balotelli (ou Di Natale). Técnico: Cesare Prandelli.

Croácia: Pletikosa; Srna, Corluka, Schildenfeld e Strinic; Rakitic, Vukojevic, Modric e Perisic++; Jelavic e Mandzukic. Técnico: Slaven Bilic.

Árbitro: Howard Webb (Inglaterra), auxiliado por Michael Mullarkey e Peter Kirkup.

Estádio: Estádio Municipal de Poznan, em Poznan (Polônia). EFE