Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Com brasileiros ‘falsificados’, Timor Leste é banido de torneio

Desde 2013, ex-colônia portuguesa na Ásia escala brasileiros com documentos falsos. Time foi excluído da Copa da Ásia e deve ser punido pela Fifa

Por Da redação Atualizado em 20 jan 2017, 10h06 - Publicado em 20 jan 2017, 10h04

A seleção de futebol do Timor Leste foi suspensa de competições internacionais depois que uma investigação revelou que o país colocou em campo 12 jogadores brasileiros “falsificados” — que se passavam por timorenses para disputar partidas oficiais. A Confederação Asiática de Futebol já baniu o Timor Leste da Copa da Ásia de 2023, enquanto a Fifa também abre investigações.

Ex-colônia de Portugal, o Timor Leste tem o português como língua oficial e passou a buscar a cooperação brasileira no esporte depois de sua independência como país, há pouco menos de 20 anos. A investigação foi aberta depois de um jogo contra os Emirados Árabes, pelas Eliminatórias para a competição de 2019. Descobriu-se, então, que o esquema de “falsificação de atletas” existia pelo menos desde 2013.

  • Os brasileiros pegos no esquema são: Ramon de Lima Saro, Paulo Helber Rosa Ribeiro, Diogo Santos Rangel, Rodrigo Sousa Silva, Patrick Fabiano Alves Nobrega Luz, Paulo Cesar da Silva Martins, Jairo Pinheiro Palmeira Neto, Felipe Bertoldo do Santos, Junior Aparecido Guimaro de Souza, Jaime Celestino Dias Bragança, Heberty Fernandes de Andrade e Thiago dos Santos Cunha.

    A investigação revelou que vários dos jogadores em campo tinham certidões de nascimento e de batismo falsificadas e que, de fato, eram brasileiros. Os jogadores “falsificados” participaram em 29 partidas vestindo a camisa da seleção do Timor Leste. Todos os resultados foram cancelados.

    Desses jogos, sete foram organizados pela Fifa, o que significa que o país também pode ser expulso das Eliminatórias da Copa de 2018. A Confederação Asiática ainda quer uma punição contra o secretário-geral da federação local, Amandio Sarmento. Ele é também o Ministro do Esporte do país. Atualmente, o Timor Leste ocupa a 191ª colocação do ranking da Fifa.

    (com Estadão Conteúdo)

    Continua após a publicidade
    Publicidade