Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasileiro deixa Arábia Saudita e pode treinar o Kuwait

O técnico Rogério Lourenço já acertou a sua saída do comando da seleção olímpica da Arábia Saudita. O ex-técnico de Flamengo e Bahia tem proposta para assumir o time principal do Kuwait e aguarda a rescisão contratual para definir seu futuro.

Rogério assumiu a Arábia Saudita em março de 2010 como diretor de seleções. Ele planejou o trabalho do time sub-20 no Mundial da categoria, no qual a equipe passou da primeira fase pela primeira vez e foi eliminada pelo Brasil, que viria a ser campeão, nas oitavas de final.

Logo em seguida, o ex-zagueiro foi chamado para comandar a seleção principal na segunda fase das eliminatórias para a Copa do Mundo, antes da chegada do holandês Frank Rijkaard. As vitórias por 3 a 0 e 5 a 0 sobre Omã garantiram o time no Grupo D da terceira fase.

Recentemente, Rogério assumiu a equipe olímpica da Arábia Saudita, que estava na lanterna de seu grupo no Pré-Olímpico da Ásia. Como não obteve a vaga para os Jogos de Londres, sua saída deve ser facilitada pelos sauditas.

‘Tenho uma ótima relação com a Federação de Futebol da Arábia Saudita. Os dirigentes me consideram muito pelo que ajudei enquanto estive aqui, mas precisava de novos desafios profissionais. Estava na seleção olímpica e não tínhamos nenhuma competição para disputar, o que me deixou sem objetivos iminentes. Recebi uma excelente proposta da seleção principal do Kuwait e estamos muito próximos de um acerto. Eles estão com um projeto ambicioso de reformular o futebol do país visando a Copa do Mundo de 2018 e eu tomaria a frente dessa situação’, disse Rogério, que disse que ainda não oficializou o acordo.

‘Vou ter uma reunião com os dirigentes árabes para formalizar minha saída e depois disso definirei meu futuro. Não descarto voltar a comandar clubes, mas estou inclinado a aceitar a proposta do Kuwait nesse momento’, afirmou.