Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atleta búlgaro é denunciado por suspeita de agressão a camareiras

Funcionárias levaram uma gravata e golpes de vassoura quando elas se preparavam para arrumar quarto do atleta

Um atleta búlgaro não identificado foi denunciado por suspeita de agressão a quatro camareiras da Vila Olímpica, inclusive com um cabo de vassoura, informou nesta terça-feira a polícia do Rio de Janeiro.

A agressão aconteceu, segundo as vítimas, quando elas se preparavam para arrumar o quarto do atleta, que não teve o nome divulgado pela polícia. Segundo as vítimas, o atleta deu uma gravata em uma das camareiras e golpeou as outras, inclusive com uma vassoura.

Um inquérito foi aberto para investigar as agressões, e o atleta é aguardado para prestar esclarecimentos na delegacia do Recreio dos Bandeirantes, segundo a polícia. O crime é considerado de baixo potencial e dificilmente será pedida a prisão do atleta. “Normalmente esse tipo de crime não leva a prisão e a pessoa tem como pena prestação de serviços sociais ou pagamento de cestas básicas desde que colabore e se comprometa a comparecer às demandas da Polícia e da Justiça”, disse uma fonte da área de segurança.

Leia também:
Bolt voa baixo e se classifica para a semi dos 200 metros rasos
“Parem de brigar no Planalto”, diz Isaquias Queiroz

Esse é o terceiro caso de atletas olímpicos acusados de agredir camareiras da Vila Olímpica. Dois boxeadores, um do Marrocos e outro da Namíbia, foram presos no período dos Jogos por suspeita de tentativa de estupro, segundo as autoridades.

(Com agência Reuters)