Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Arsenal fica perto de vaga na ‘Champions’, e Newcastle pula para 4º no Inglês

Por Da Redação 21 abr 2012, 17h57

Redação Central, 21 abr (EFE).- O Arsenal empatou com o time misto do Chelsea no clássico londrino deste sábado, no estádio Emirates, e se manteve com certa folga na terceira posição do Campeonato Inglês, enquanto o Newcastle venceu o Stoke City por 3 a 0 e, beneficiado por um tropeço do Tottenham, assumiu a quarta posição.

Os ‘Gunners’ chegaram a 65 pontos, contra 62 do Newcastle. Já os ‘Spurs’, que caíram para o quinto lugar continuaram com 59, um a mais que os ‘Blues’, que continuam em sexto. Faltam ainda três rodadas para o fim do torneio, além da disputa de algumas partidas atrasadas.

Mais preocupado com as semifinais da Liga dos Campeões atual que com a luta por uma vaga na próxima edição da competição continental, o Chelsea poupou oito titulares. A equipe enfrentará o Barcelona na próxima terça-feira, no Camp Nou, depois de ter vencido por 1 a 0 na ida, em Stamford Bridge.

A escolha do técnico Roberto Di Matteo facilitou a vida do Arsenal, que até teve as melhores chances de gol do clássico, mas não conseguiu balançar a rede.

No St. James Park, Cabaye foi o grande destaque da vitória do Newcastle sobre o Stoke. O meia francês fez dois gols e ainda deu passe para que Papiss Cissé também deixasse o dele.

O Tottenham, por sua vez, perdeu por 1 a 0 para o Queens Park Rangers fora de casa. O único gol do confronto foi marcado por Taarabt, aos 24 minutos da etapa inicial.

Se o resultado afastou a equipe do técnico Harry Redknapp das quatro primeiras colocações, o QPR chegou aos 34 pontos e respirou um pouco longe da zona de rebaixamento. O Blackbrun, primeiro time dentro da zona perigosa, soma 31 depois de ter batido o Norwich: 2 a 0.

Os outros que caíriam caso o campeonato terminasse hoje seriam o Bolton, que empatou em 1 a 1 com o Swansea e chegou a 30 pontos, e o Wolverhampton, que tem 23 e precisa de um milagre para continuar na elite, a começar por uma vitória contra o vice-líder Manchester City neste domingo. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade