Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A piloto María de Villota submetida a uma segunda operação

A espanhola Maria De Villota, piloto de testes da equipe Marussia F1 (exVirgin) e ferida com gravidade na terça-feira, em uma sessão de treinos antes do Grande Prêmio da Grã-Bretanha, foi operada uma segunda vez de suas lesões faciais, anunciou neste sábado a escuderia anglo-russa.

Esta segunda cirurgia foi realizada na sexta-feira, informou o hospital de Addenbrooke, em Cambridge (sul da Inglaterra).

María de Villota, de 32 anos, perdeu o olho direito por causa do acidente no aeródromo de Duxford, em Cambridgeshire (sul da Inglaterra), quando seu carro se chocou contra um caminhão da escuderia, depois de acelerar de maneira inexplicável.

“Esta operação estava prevista, mas dependia da estabilidade das lesões de María na cabeça”, afirma um comunicado do Marussia.