Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Neymar assina contrato de R$ 52 milhões com o Barcelona

O salário do craque brasileiro pode quase dobrar com alguns bônus previstos em cláusulas específicas

Neymar assinou nesta sexta-feira a renovação de seu contrato com o Barcelona até 2021, e alguns detalhes do acordo foram revelados. O atacante brasileiro ganhará 15 milhões de euros (cerca de 52 milhões de reais) por temporada. O aumento foi considerável em relação ao vínculo anterior, que previa 8,7 milhões de euros (pouco mais de 30 milhões de reais).

Além do salário fixo, o brasileiro terá uma remuneração variável por metas alcançadas. Se ele for o melhor jogador do mundo ou dono da Bola de Ouro, por exemplo, haverá bônus, assim como a cada fase ultrapassada na Liga dos Campeões da Europa. O mesmo acontece com as conquistas do Campeonato Espanhol, inclusive número de gols marcados. Com isso, o salário do brasileiro pode chegar a 25 milhões de euros (aproximadamente 85 milhões de reais), ganho maior até que o salário fixo do companheiro de ataque Lionel Messi – atualmente, o argentino ganha 22 milhões de euros (cerca de 75 milhões de reais).

No entanto, nas próximas semanas, Messi deve ficar isolado como o mais bem pago do elenco. Ele deve assinar a sua renovação por 40 milhões de euros ( quase 140 milhões de reais) por ano. Isso atende a uma cláusula no contrato de Messi, que lhe garante o maior salário do elenco do Barcelona.

Ascensão no bolso – O salto salarial na carreira de Neymar é notável. Seu primeiro contrato com o Santos foi de menos 1.000 reais, em 2004, quando tinha 12 anos. Depois, seu primeiro ordenado como jogador profissional no clube foi de 20.000 reais. Em 2011, ano da conquista da Copa Libertadores, ele já ganhava 7 milhões de reais por ano, sem contar a participação em inúmeras campanhas publicitárias. Seu último salário no Santos, dividido entre o clube e os patrocinadores, era de cerca de 1,5 milhão de reais por mês.

(Com Estadão Conteúdo)