Clique e assine a partir de 9,90/mês

Silvio Santos é recriminado após saudação nazista na TV

Apresentador, que é judeu, disse 'Heil Hitler' durante programa no último domingo; Federação Israelita condena 'brincadeira inapropriada'

Por Da Redação - Atualizado em 6 nov 2019, 10h57 - Publicado em 6 nov 2019, 02h36

A Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisesp) divulgou, nesta terça-feira 5, declaração de seu presidente executivo, Ricardo Berkiensztat, que recrimina o apresentador Silvio Santos por evocar uma saudação nazista em seu programa de TV no último domingo 3.

Em um jogo de perguntas e respostas, Silvio questionou se alguém da plateia sabia o nome do pai de Adolf Hitler, que se chamava Alois Hitler. Enquanto pessoas do público tentavam adivinhar, Silvio, que é judeu, disse: “Heil Hitler” – que significa “salve, Hitler”, uma saudação comum na Alemanha nazista.

Ricardo Berkiensztat, presidente executivo da Fisep, declarou que não se deve brincar com a questão.

“Tenho certeza que ele não fez isso com a intenção de macular a questão de nazismo ou como manifestação de ódio, porém, foi uma brincadeira totalmente inapropriada e um tema com o qual não se brinca, ainda mais Silvio Santos, que tem origem judaica”, disse.

Publicidade