Clique e assine a partir de 9,90/mês

Relembre os erros e acertos de ‘Império’, que termina hoje

Por Da Redação - 13 mar 2015, 17h09

Depois de mais de 200 capítulos exibidos, conversas ouvidas atrás da porta e inúmeros “sweet child” e “publique-se” falados, Império chega ao fim nesta sexta-feira. A novela de Aguinaldo Silva estreou em julho passado com a complicada missão de levantar a audiência do horário, derrubada por sua predecessora, a maçante Em Família, de Manoel Carlos. Em sua reta final, o folhetim conseguiu o feito, alcançando média de 40 pontos na Grande São Paulo.

Leia também:

‘Império’ termina como a maior lançadora de tendência da Globo

‘Império’: Alexandre Nero leva anel do Comenador como ‘souvenir’

Continua após a publicidade

‘Império’: Final do Comendador será decidido às 17h. Vote

Boa parte do sucesso da trama, que se refletiu no crescimento da audiência, se deve aos bons ganchos e bom ritmo do texto de Aguinaldo. Autor experiente, com mais de dez novelas no currículo, ele soube trabalhar os capítulos de modo a instigar o espectador a acompanhar a trama, inserindo novos mistérios e revelações a cada bloco. Outro ponto que contribuiu, e muito, para a aceitação da novela foi a boa caracterização dos personagens, muito bem idealizados e interpretados por atores competentes como Alexandre Nero e Lilia Cabral.

Do meio para o final do folhetim, no entanto, Império começou a decepcionar parte de seu público ao negligenciar a lógica, resolvendo as tramas que se desenrolaram por meses com soluções pouco verossímeis. Foi o caso da natureza do relacionamento entre Silviano (Othon Bastos) e Maurílio (Carmo Dalla Vecchia): retratados no começo como desconhecidos, quase inimigos, são, na verdade, pai e filho.

Confira outros acertos e erros de Império.

Continua após a publicidade

Alexandre Nero como José Alfredo em 'Império'
Alexandre Nero como José Alfredo em ‘Império’ VEJA

Cristina (Leandra Leal) em 'Império'
Cristina (Leandra Leal) em ‘Império’ VEJA

A lista dos suspeitos de José Alfredo: o Comendador já foi mais vivo
A lista dos suspeitos de José Alfredo: o Comendador já foi mais vivo VEJA

Cena da morte do 'Comendador', José Alfredo (Alexandre Nero), em 'Império'
Cena da morte do ‘Comendador’, José Alfredo (Alexandre Nero), em ‘Império’ VEJA

Cora volta com visual repaginado e surpreende o Comendador
Cora volta com visual repaginado e surpreende o Comendador VEJA

http://www.youtube.com/embed/yFf2pMLPSBA?list=PL0MeDSD2Ws82Zyec-oRJ7H8WuRfqTT2Y0
Trilha sonora

A trilha sonora da novela foi ampla, diversa e bem utilizada. A lista contou com clássicos nacionais, entre eles Preciso Me Encontrar, de Cartola; Amor Perfeito, de Ney Matogrosso; Simples Carinho, de Angela Ro Ro e Lamento Sertanejo, de Gilberto Gil, até sucessos mais recentes, como a faixa Hoje, de MC Ludmilla. Os títulos internacionais também abarcaram os pops do momento, como Magic, de Coldplay; Demons, de Imagine Dragons; Marilyn Monroe, de Pharrell Williams e Sing, de Ed Sheeran.

Cora (Marjorie Estiano), Reginaldo (Flávio Galvão) e Jurema (Elizângela) em 'Império'
Cora (Marjorie Estiano), Reginaldo (Flávio Galvão) e Jurema (Elizângela) em ‘Império’ VEJA

(Da redação)

Publicidade