Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Prince tira suas músicas de serviços de streaming

Crítico do modelo atual de se consumir canções, o cantor também retirou sua obra do YouTube. Apenas a plataforma Tidal, criada pelo rapper Jay-Z, continua com músicas do autor

Em um momento à la Taylor Swift, o cantor americano Prince decidiu retirar suas músicas de serviços de streaming como Spotify e Apple Music, lançado pela empresa de Steve Jobs no início desta semana. O único contemplado que ainda mantém a obra do autor é o Tidal, canal criado pelo rapper Jay-Z. O cantor não explicou os motivos de sua decisão.

LEIA TAMBÉM:

Prince vai lançar novo álbum com canções inéditas

A matemática da música de sucesso

Apple lança novo serviço de streaming de música

Nem o YouTube escapou da retirada. Por lá, ficaram apenas os vídeos que não são oficiais. Crítico da relação da música com a internet, Prince afirmou ao jornal britânico The Guardian, em entrevista de 2011, que nenhum artista fazia dinheiro na internet. Segundo ele, só as companhias de telefonia, a Apple e o Google eram beneficiados. Prince também mostrou aversão ao sistema atual de se consumir canções. “Eu não suporto música digital. Você recebe o som em bits, o que afeta um diferente local no seu cérebro. Somos analógicos, e não digitais”.

Apesar de avesso à internet, Prince continua a utilizar o site Soundcloud para postar novas canções. Nesta semana, coincidentemente ou não, ele subiu a inédita Hardrocklover.