Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Personagem de Juliana Paes na novela das 9h reabilita a faixa no cabelo

Na vida real, adereço voltou a ser usado por famosas do Brasil e do exterior

Muitas coisas chamam atenção no visual de Maria da Paz na novela global das 9, A Dona do Pedaço: o figurino justo, decotado e cheio de brilhos, os sapatos de salto agulha, a maquiagem pesada — sem falar no deslumbre que é a atriz Juliana Paes. Mas o que virou moda nisso tudo, mesmo, foi a faixa de cabelo que a personagem usa o tempo todo. Maria da Paz não inventou o adereço. Ele já frequentava cabeças moderninhas havia certo tempo. Foi ela, porém, quem popularizou de vez a tira de tecido em volta do cabelo, simples, de lacinho ou em nó — tanto que Juliana colocou no seu Instagram um tutorial em que ensina como amarrar uma faixa com estilo. “Virou um acessório quase indispensável, orgânico à personagem”, diz Cláudia Kopke, figurinista da novela.

As faixas de cabelo têm origem das mais distintas — são herdeiras dos turbantes que Paul Poiret, o estilista francês mais requisitado no início do século XX, adaptou do Oriente para a cabeça das ricas e famosas da época. O tecido enrolado na cabeça foi diminuindo até chegar à versão tira larga ou fina, com ou sem enfeites. Assim, a faixa vem entrando e saindo da lista de adereços femininos obrigatórios ao longo do tempo. Voltou com força no Brasil dos anos 1980, impulsionada pelo visual esfuziante da viúva Porcina, na novela Roque Santeiro. Agora, reconquista seu lugar ao sol.

EM TODA PARTE – Em sentido horário, Kendall Jenner, Fátima Bernardes, Kate Middleton e Bruna Marquezine

EM TODA PARTE – Em sentido horário, Kendall Jenner, Fátima Bernardes, Kate Middleton e Bruna Marquezine (./.)

Pelo tempo que permanecem no convívio diário das famílias e pela simpatia que os personagens despertam nos espectadores, as novelas sempre foram notórias inventoras de moda, como comprovam, entre outras efêmeras manias nacionais, as meias de Lurex de Sônia Braga em Dancin’ Days e as joias de Giovanna Antonelli em várias tramas. “Os folhetins da televisão concentram tendências já existentes e as traduzem para a massa”, explica o stylist Matheus Martins. Ele lembra que as telenovelas não criam moda, propriamente, mas sim modismos rápidos, que têm a mesma duração da trama. “A equipe costuma fazer uma pesquisa prévia e reproduzir o resultado no visual dos personagens”, diz Martins. Com mais de 7 milhões de espectadores a cada noite só na Grande São Paulo, A Dona do Pedaço é terreno fértil para modinhas como as faixas de cabelo de Maria da Paz.

O começo de tudo, desta vez, foi nas passarelas das grifes de luxo, onde faixas seguraram o cabelo das modelos nos desfiles de Chanel, Tom Ford e Prada, entre outras marcas. O clã Kar­da­shian-Jenner, avalista de tudo o que é fashion, aderiu há tempos — o acessório passou pela cabeça de Kim, Kendall e Khloe e das filhinhas delas (até a pequena True, a mini-­Khloe de 1 ano, tem a sua). A duquesa de Cambridge, quem diria, a adotou: no batizado do sobrinho Archie, Kate prendeu o cabelo com uma suntuosa versão em vermelho. No Brasil, o bloco das fãs da faixa inclui Bruna Marquezine, Giovanna Ewbank e Fátima Bernardes, que posou com a sua em momento de folga.

A ORIGEM – Regina Duarte, a viúva Porcina, com Lima Duarte: exuberante

A ORIGEM – Regina Duarte, a viúva Porcina, com Lima Duarte: exuberante (Irineu Barreto Filho/TV Globo)

Faixas podem ser usadas por todas as mulheres — com ou sem franja, cabelos lisos ou encaracolados, longos ou curtos. As versões mais vistas hoje em dia trazem pedrarias, brilhos, nós e estampas. “Elas enfeitam todo mundo”, aprova o cabeleireiro Fernando Torquatto. Com uma vantagem extra: é dos poucos adereços de cabeça que não estragam o cabelo. “Faixa não quebra os fios”, lembra Torquatto. É pôr, ajeitar as madeixas em volta e fazer sucesso.

Publicado em VEJA de 7 de agosto de 2019, edição nº 2646