Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Pantera Negra’, Glenn Close e Rami Malek vencem Sindicato dos Atores

Grande aposta da Academia, o mexicano 'Roma' ficou de fora do prêmio

O elenco do filme Pantera Negra, Glenn Close e Rami Malek foram os grandes vencedores do prêmio do Sindicato dos Atores (SAG), anunciado neste domingo, 27. A premiação é considerada uma prévia do Oscar. O filme sobre o super-herói africano da Marvel, maior bilheteria mundial em 2018, venceu a categoria de melhor elenco superando Nasce uma Estrela, Infiltrado na Klan, Bohemian Rhapsody e Podres de Ricos. O longa também venceu na categoria melhor elenco de dublês em filme. Nas categorias individuais, o SAG confirmou a maioria da premiação do Globo de Ouro.

Rami Malek venceu na categoria melhor ator por sua interpretação de Freddie Mercury em Bohemian Rhapsody, enquanto Glenn Close levou a estatueta por seu papel no filme A Esposa. Ambos passam a ser considerados favoritos para o Oscar. Roma, do diretor mexicano Alfonso Cuarón, um dos grandes filmes da temporada, não recebeu nenhuma indicação no SAG. Roma é uma das grandes apostas da Academia, porém um de seus atores, Jorge Antonio Gerrero, corre o risco de não comparecer a premiação. Segundo ele, três pedidos de visto para a entrada nos Estados Unidos foram recusados. Guerrero faz o coadjuvante Fermín, par romântico da protagonista.

 

Nas categorias coadjuvantes, os vencedores foram Mahershala Ali por Green Book: O Guia e Emily Blunt por Um Lugar Silencioso. Nas categorias de TV, a grande vencedora foi a série de comédia The Marvelous Mrs Maisel, com três prêmios: melhor ator (Tony Shalhoub), melhor atriz (Rachel Brosnahan) e melhor elenco. Nas categorias para séries dramáticas, Sandra Oh foi considerada a melhor atriz por Klling Eve, enquanto Jason Bateman recebeu a estatueta por Ozark. O prêmio de melhor elenco de série dramática foi vencido por This Is Us.