Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Os melhores cafés em Recife

Confira os endereços da categoria que valem a visita

Por Beatriz Malheiros, Daniel Salles, Gabriela Lopez, Jennifer Detlinger, Marcela Balbino, Paula Melo e Rosália Vasconcelos - Atualizado em 3 set 2017, 20h21 - Publicado em 26 ago 2017, 04h00

O roteiro a seguir, com quinze estabelecimentos, integra a edição digital de VEJA COMER & BEBER RECIFE 2017/2018:

Castigliani Cafés Especiais – eleito pelo júri o melhor café

Iniciada há dois anos, a reforma do cinema da Fundação Joaquim Nabuco, em cuja entrada ficava a Castigliani, obrigou a cafeteria a fazer as malas em junho de 2016. Encontrar o novo endereço dela é fácil: basta procurar por uma loja na Estrada do Encanamento com o desenho em neon de uma xícara de café na fachada. Da calçada, avistam-se a decoração moderna, composta de azulejos brancos, teto de cimento queimado e lâmpadas com filamento, e também a grande estrela do lugar, a máquina de café expresso La Marzocco. Entre os grãos utilizados na casa estão os da marca Unique, sediada na cidade mineira de Carmo de Minas. Eles entram na elaboração de bebidas como a zenzero, um cappuccino feito com gengibre e mel e coberto com uma camada de açúcar mascavo (R$ 10,50), e o café secreto, união de expresso, água de coco e gelo (R$ 9,90). Já os grãos importados, como os da incensada marca dinamarquesa Coffee Collective e os torrados pela alemã The Barn, são reservados para outros métodos de preparo — entre eles, o que se vale do aeropress: o café feito com esse equipamento custa R$ 14,00 ou, se for com os grãos nacionais, R$ 8,00. Para acompanhamento, vão bem o petit gâteau de Nutella com sorvete de creme (R$ 17,50) e o bolo de amêndoas e castanhas (R$ 10,90).

Estrada do Encanamento, 323, loja 3, Parnamirim (50 lugares), 3037-6811. 9h/21h30 (fecha seg.). Aberto em 2007.

Publicidade

2º Lugar – Lalá Café & Cozinha Afetiva

Em busca de espaço, mudou-se do Espinheiro para as Graças, mas manteve a atmosfera aconchegante. Entre outras bebidas preparadas pela barista Manu Gomes, o café com limão mistura lascas de amêndoa, brigadeiro e sorvete de creme (R$ 12,90). Novidade, o crepe divino maravilhoso tem massa rendada de provolone recheada de camarão no azeite e alho, molho de cream cheese e gorgonzola, além de rúcula e pedacinhos chapeados de manga (R$ 28,90). Para encerrar, vale pedir o expresso tirado de uma torra média do Martins Café (R$ 5,00).

Rua Amélia, 470, Graças, 3426-6708 (46 lugares). 13h/21h (sáb. e dom. 15h/20h; fecha seg.). Aberto em 2014.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

3º Lugar – Malakoff Café

A cafeteria trabalha com as marcas Yaguara, Martins e Unique, e também com cafés de pequenos produtores da Serra do Caparaó. Todos são recebidos, torrados e moídos para o preparo em até dezesseis métodos. Na aeropress, a bebida custa R$ 8,90. Entre os quitutes de fabricação própria, o pão de macaxeira, recheado de requeijão e frango, custa R$ 15,90. Entre os doces, é novidade a palha italiana de café (R$ 8,90). Avenida Abdias de Carvalho, 1142, Prado, 3128-0113 (75 lugares). 12h/21h (sáb. a partir das 15h; fecha dom.).

Praça do Arsenal, s/nº, Recife Antigo, Paço do Frevo, 3128-0113 (75 lugares), 9h/17h (sáb. e dom. 14h/18h; fecha seg.). Aberto em 2015.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Bike Fit Café

Funciona dentro da antiga Casa do Cachorro Preto, um espaço cultural que se tornou conhecido na Cidade Alta, em Olinda. A barista e proprietária Mariana Cesse prepara o café em vários métodos. Um deles é a aeropress (R$ 10,00), uma espécie de seringa que permite obter a bebida a partir de infusão e pressão da moagem. O expresso com leite vaporizado e um toque de Ovomaltine custa R$ 8,00. Pelo mesmo preço são vendidos a empanada de carne levemente picante e o croissant de chocolate.

Rua 13 de Maio, 99, Carmo, 99924-5700 (30 lugares). 16h/21h (fecha seg. e ter.). Aberto em 2014.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Café do Brejo

Em 2015, o barista Gabriel Althoff trouxe para Recife o Café do Brejo, que já fazia sucesso em Triunfo, no sertão pernambucano. Na loja de Santo Amaro, Althoff trabalha na torra e prepara a bebida, sob os olhares atentos dos clientes. Entre os sete métodos disponíveis, a aeropress (R$ 9,00) combina com a porção de pão de queijo (R$ 6,90, seis unidades). Quem quiser experimentar um drinque à base do grão poderá investir R$ 16,90 no chamado frappé vienense (sorvete de creme, calda de chocolate, café, chantili e chocolate em pó).

Rua Capitão Lima, 20, Santo Amaro, 3423-6964 (50 lugares). 12h/21h (sáb. a partir das 15h; fecha dom.). Aberto em 2015.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Bogart Café

Esse refúgio no centro da cidade é comandado por Geísa Zerbone desde 2015. Tirado dos grãos trazidos da Fazenda Pessegueiro, que fica em Mococa, no interior de São Paulo, o expresso (R$ 5,50), se acrescido de chocolate Alpino, vai a R$ 7,00 (o pequeno). O cardápio lista quitutes doces, como o pão de ló com calda de brigadeiro quente (R$ 11,00), e salgados: o prensado de pão indiano chapati é recheado de queijo do reino e parmesão (R$ 18,00).

Rua Afonso Pena, 96, Santo Amaro, 3040- 2243 (35 lugares). 9h/21h (fecha sáb. e dom.). Aberto em 2011.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Café com Dengo

Apaixonada por gastronomia, a bióloga Natália Valença tornou-se barista certificada e abriu a cafeteria junto com o namorado, Victor Cordeiro. O expresso da Yaguara sai a R$ 5,00. Por R$ 9,50, dá para beber um cappuccino crocante, em que café e leite vaporizado incorporam ganache de chocolate e uma casquinha de Ovomaltine. Para comer, há o sanduíche do dengo, servido no pão francês — o recheio é de carne de porco, desfiada e cozida na cerveja preta, ao molho barbecue mais queijo manteiga e cebola caramelizada (R$ 16,50).

Rua Teles Júnior, 489, Aflitos, 3129-9030 (50 lugares). 11h/20h (sáb. 12h/21h; fecha dom.). Aberto em 2015.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Borsoi Café Clube

No térreo do Edifício Califórnia, a cafeteria de Paloma Amorim e George Gepp tem esse nome em homenagem ao arquiteto Acácio Gil Borsoi, que projetou o prédio. Feito com grãos Mitsuo Macao, de Minas, o expresso é vendido a R$ 5,50. O cappuccino (expresso e leite vaporizado) sai a R$ 8,00 — a ausência de adereços nessa receita, do tipo canela e chocolate, mostra que o propósito é valorizar o café, sem alegoria. Grãos especiais de diversos produtores revezam-se em outros métodos. É o caso do japonês kalita, que usa filtro ondulado (R$ 9,00). Para comer, pagam se R$ 15,00 pelo sanduíche de pernil no pão de queijo, mais picles de cebola, abacaxi e queijo gouda.

Rua Artur Muniz, 82, Boa Viagem, 3071-6834 (32 lugares). 10h/22h (sáb. e dom. a partir das 8h; fecha seg.). Aberto em 2017.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Café Santa Clara

Mistura de café com chocolate, creme de leite, leite condensado, calda de chocolate e chantili, o vienense é vendido a R$ 17,00. Para quem tem fome, uma sugestão é começar na omelete de carne de sol, queijo de coalho e vinagrete (R$ 11,00) e terminar no gâteau de cream cheese e goiabada (R$ 9,50). Nesta que é a primeira loja da marca Santa Clara no Recife, o expresso surge em quatro blends diferentes, do cítrico ao achocolatado. Custa R$ 5,00.

Rua das Graças, 262, Graças, 3048-2233 (78 lugares). 8h/21h. Aberto em 2017.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Cordel Cafés Especiais

O café de marca própria é fabricado com grãos trazidos do cerrado mineiro e torrados na loja. Barista e sócio, Jonatahas Souza prepara expresso curto (R$ 5,00), café com creme de rapadura (R$ 9,90) e caramelo macchiato, com calda (de caramelo) e leite vaporizado (R$ 8,90). Do menu de comidinhas assinado por Miau Caldas, o milho cordel é uma espiga besuntada em cream cheese e coberta por raspas de parmesão, coentro e páprica defumada (R$ 12,90). O pudim de café também merece ser provado (R$ 7,90).

Rua do Marques, 43, Parnamirim, 3877-2233 (35 lugares). 14h/21h (sex. e sáb. até 22h; dom. 13h/21h). Aberto em 2017.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Ernesto Café

Há um ano sob a tutela da brasiliense Rafaela Mayer, a casa oferece expresso da marca mineira Arte Café (R$ 5,50), que faz par com o bolo de laranja ou com o bolo de maçã vegano (R$ 7,90 a fatia). Das bebidas geladas, o concentrado de coco batido com café tem o nome de coconut (R$ 11,50). A sopa de cebola com torradas custa R$ 9,00.

Rua Abelardo, 58, Graças, 3071-9686 (20 lugares). 15h/20h (fecha seg.). Aberto em 2015.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

A Vida é Bela Café

A casa antiga abriga cafeteria e lojinha em clima nostálgico — a música e a decoração remetem às décadas de 60 e 70. Para o preparo do expresso (R$ 4,60) e do cappuccino com borda de doce de leite (R$ 9,50), grãos especiais são fornecidos pela pernambucana Yaguara, por Mitsuo Nakao, de Minas Gerais, e pela Kaffe Torrefação e Treinamento. O brownie aparece avulso (R$ 7,50) e, aos pedaços, nos potes: o de sorrisos tem brigadeiro mole e três bolas de sorvete de creme (R$ 16,90).

Rua Francisco Lacerda, 394, Várzea (pátio da Igreja Matriz), 99921-1239 (24 lugares). 12h/21h (sáb. e dom. 15h/21h; fecha seg.). Aberto em 2016.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Kaffe Torrefação e Treinamento

Nascida em Gravatá, a barista Lidiane Santos foi responsável por introduzir grãos de microlotes e novos métodos de extração em diversas cafeterias que existem hoje no Recife. Em março, abriu o próprio espaço, onde é possível encontrar o expresso extraído a partir de um catuaí vermelho da Fazenda Cordilheiras do Caparaó, do Espírito Santo (R$ 5,00). Entre os demais métodos de preparo, há Chemex, alto air, Hario V60, Kalita e aeropress. Cada um custa R$ 9,00. Para acompanhar, o croissant chega à mesa ao lado de geleia de manga com maracujá ou frutas vermelhas (R$ 7,00). Também é possível comprar grãos inteiros ou moídos na hora, vindos de Minas Gerais e do Espírito Santo.

Avenida Conselheiro Aguiar, 2178, Boa Viagem, 3132-2522 (17 lugares). 13h/20h (sáb. a partir das 9h; dom. 9h/12h e 15h/20h). Aberto em 2017.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Na Venda Chocolates e Cafés

Nas mesinhas voltadas para a arborizada Rua Amélia ou no novo endereço no Pina, os clientes fazem uma pausa para beber café coado no pano (R$ 7,20), filtrado em papel (R$ 8,10) ou o chamado gela-goela, em que o expresso é batido com sorvete de chocolate (R$ 7,50; 150 mililitros; R$ 13,80; 400 mililitros). São de Dona Del e Vovó Vanda, mães das proprietárias, as receitas dos bolos de castanha (R$ 12,50 a fatia) e, mais úmido, de farinha de rosca, chocolate e coco (R$ 10,80 a fatia).

Rua Amélia, 373, loja 2, Graças, 3242-5652 (25 lugares). 9h/20h (fecha dom.; seg. a partir das 14h). Rua Capitão Rebelinho, 735, Pina (59 lugares). 11h/21h (fecha seg.). Aberto em 2013.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Tokyo’s Café

Quem prefere baixa acidez e notas achocolatadas pede o expresso Yaguara Peaberry (R$ 7,10), cujo grão é fornecido com exclusividade à cafeteria de André Saburó. Na preferência do público, as coxinhas de frango (R$ 9,90) e as de camarão (11,00), moldadas e recheadas na casa, só não ganham dos tradicionais pastéis de mussarela com tomate (R$ 8,70) e de queijo com goiabada (R$ 9,70). Tem gostinho de infância o refrescante kaki gori (ou raspa-raspa) de gelo triturado e calda de vários tipos. No sabor café, esse doce gelado ocupa um copo de 400 mililitros (R$ 10,00).

Avenida Doutor Malaquias, 79, Graças, 3426-1610 (90 lugares). 15h/22h (fecha seg.). Aberto em 2012.

Publicidade