Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mocca Coffee & Meals: melhor café de Belo Horizonte

Com ambientação moderna, a cafeteria, instalada num prédio comercial, emprega grãos mineiros festejados no preparo de expressos e filtrados

Eis um lugar de dar inveja a qualquer um que trabalha em escritório e precisa se contentar com uma cafeteria meia-boca localizada nos arredores. Instalado no térreo de um edifício comercial, o Mocca Coffee & Meals apresenta surpresas já no ambiente, que tem arquitetura no estilo industrial. O sofá com acabamento capitonê, o gramofone e a estante repleta de objetos antigos, como máquinas de escrever e volumes da enciclopédia Barsa, conferem uma atmosfera deliciosamente vintage ao local. Principal atração, a carta de cafés vai do tradicional expresso (R$ 4,50) à bebida feita no filtro japonês Hario V60 (R$ 6,00). Os grãos geralmente utilizados pelos baristas são os das marcas Mito e Cambraia, ambos de Minas Gerais. Quem é fã de bebidas açucaradas costuma aprovar o frapê de caramelo com flor de sal (R$ 13,00, com 300 mililitros). Uma vitrine sobre o balcão acomoda doces não listados no cardápio, como o bolo de chuva com recheio de doce de leite (R$ 6,00) e o brownie com calda de chocolate (R$ 8,00). Para quem procura algo mais substancioso, há sanduíches caprichados, como o atmosphera, que combina pernil assado, chips de batata-doce, espinafre, coleslaw e molho barbecue no pão de hambúrguer (R$ 26,00). Na happy hour, têm boa saída pedidas como queijo de cabra com torradas (R$ 32,00) e dadinhos de tapioca (R$ 28,00). Alameda do Ingá, 16, Vila da Serra, Nova Lima, ☎ 3656-7404 (70 lugares). 8h/21h (qui. e sex. até 22h; fecha sáb. e dom.); Rua Desembargador Jorge Fontana, 50, Belvedere, ☎ 2516-0207 (35 lugares). 8h/19h (fecha sáb. e dom.); Rua Maria Luiza Santiago, 200, Santa Lúcia, ☎ 97309-1228 (20 lugares). 8h/19h (fecha sáb. e dom.). Aberto em 2016.

2º lugar: Academia do Café
A cafeteria trabalha com grãos de qualidade e conta com atendentes bem preparados, que sabem explicar sobre pequenos lotes sazonais, a exemplo do fermentado com mexerica, proveniente da Fazenda Esperança. Este, com acidez acentuada e corpo doce, é ideal para ser extraído no método japonês de café coado chamado Hario V60 (R$ 6,00). Para acompanhar, as sugestões são o bolinho doce de queijo da Serra da Canastra (R$ 9,00) ou o sanduíche mineiríssimo, feito com esse mesmo queijo e levado à chapa em pão artesanal com manteiga (R$ 12,00). Rua Grão Pará, 1024, Funcionários, ☎ 3223-8565 (40 lugares). 9h/20h (sáb. 10h/18h; dom. 10h/16h). Aberto em 2013.

3º lugar: Chá Comigo
A simpática casa de chás tem um viés cultural, com livros e discos de vinil à disposição dos clientes. Entre as 31 sugestões de chá de fabricação alemã, o orange chocolate é um dos mais pedidos. Traz uma mistura de chá-verde, grãos de cacau, cascas cítricas, maçã e pétalas de laranja e de girassol (R$ 10,90 a chaleira de 400 mililitros). Todos podem ser servidos quentes ou gelados. A casa também serve café coado, que sai por R$ 5,00. Para comer, há dez tipos de torta, a exemplo da chamada bem casados, feita com massa de pão de ló e recheio de doce de leite (R$ 14,00 a fatia). Rua Leopoldina, 634, Santo Antônio, ☎ 2555-7730 (70 lugares). 15h/22h (sáb. 10h/17h; fecha dom.). Aberto em 2014.