Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Os melhores cafés em Belo Horizonte

Confira os estabelecimentos da categoria que valem a visita

Por Daniel Salles, Rafael Rocha, Juliana Koch, Juliana Soares, Lígia de Matos, Marcus Celestino, Mariana Celle e Rafaela Matias Atualizado em 9 dez 2017, 12h38 - Publicado em 9 dez 2017, 04h00

O roteiro a seguir, com nove endereços, integra a edição de VEJA COMER & BEBER BELO HORIZONTE 2017/2018:

Mocca Coffee & Meals: eleito o melhor café pelo júri
Eis um lugar de dar inveja a qualquer um que trabalha em escritório e precisa se contentar com uma cafeteria meia-boca localizada nos arredores. Instalado no térreo de um edifício comercial, o Mocca Coffee & Meals apresenta surpresas já no ambiente, que tem arquitetura no estilo industrial. O sofá com acabamento capitonê, o gramofone e a estante repleta de objetos antigos, como máquinas de escrever e volumes da enciclopédia Barsa, conferem uma atmosfera deliciosamente vintage ao local. Principal atração, a carta de cafés vai do tradicional expresso (R$ 4,50) à bebida feita no filtro japonês Hario V60 (R$ 6,00). Os grãos geralmente utilizados pelos baristas são os das marcas Mito e Cambraia, ambos de Minas Gerais. Quem é fã de bebidas açucaradas costuma aprovar o frapê de caramelo com flor de sal (R$ 13,00, com 300 mililitros). Uma vitrine sobre o balcão acomoda doces não listados no cardápio, como o bolo de chuva com recheio de doce de leite (R$ 6,00) e o brownie com calda de chocolate (R$ 8,00). Para quem procura algo mais substancioso, há sanduíches caprichados, como o atmosphera, que combina pernil assado, chips de batata-doce, espinafre, coleslaw e molho barbecue no pão de hambúrguer (R$ 26,00). Na happy hour, têm boa saída pedidas como queijo de cabra com torradas (R$ 32,00) e dadinhos de tapioca (R$ 28,00). Alameda do Ingá, 16, Vila da Serra, Nova Lima, ☎ 3656-7404 (70 lugares). 8h/21h (qui. e sex. até 22h; fecha sáb. e dom.); Rua Desembargador Jorge Fontana, 50, Belvedere, ☎ 2516-0207 (35 lugares). 8h/19h (fecha sáb. e dom.); Rua Maria Luiza Santiago, 200, Santa Lúcia, ☎ 97309-1228 (20 lugares). 8h/19h (fecha sáb. e dom.). Aberto em 2016.

2º lugar: Academia do Café A cafeteria trabalha com grãos de qualidade e conta com atendentes bem preparados, que sabem explicar sobre pequenos lotes sazonais, a exemplo do fermentado com mexerica, proveniente da Fazenda Esperança. Este, com acidez acentuada e corpo doce, é ideal para ser extraído no método japonês de café coado chamado Hario V60 (R$ 6,00). Para acompanhar, as sugestões são o bolinho doce de queijo da Serra da Canastra (R$ 9,00) ou o sanduíche mineiríssimo, feito com esse mesmo queijo e levado à chapa em pão artesanal com manteiga (R$ 12,00). Rua Grão Pará, 1024, Funcionários, ☎ 3223-8565 (40 lugares). 9h/20h (sáb. 10h/18h; dom. 10h/16h). Aberto em 2013.

3º lugar: Chá Comigo A simpática casa de chás tem um viés cultural, com livros e discos de vinil à disposição dos clientes. Entre as 31 sugestões de chá de fabricação alemã, o orange chocolate é um dos mais pedidos. Traz uma mistura de chá-verde, grãos de cacau, cascas cítricas, maçã e pétalas de laranja e de girassol (R$ 10,90 a chaleira de 400 mililitros). Todos podem ser servidos quentes ou gelados. A casa também serve café coado, que sai por R$ 5,00. Para comer, há dez tipos de torta, a exemplo da chamada bem casados, feita com massa de pão de ló e recheio de doce de leite (R$ 14,00 a fatia). Rua Leopoldina, 634, Santo Antônio, ☎ 2555-7730 (70 lugares). 15h/22h (sáb. 10h/17h; fecha dom.). Aberto em 2014.

Continua após a publicidade

Benzadeus Café Os pastéis da casa fazem sucesso dentro e fora de Minas Gerais. Da cozinha saem porções do salgado recheado de carne de sol com requeijão, de bacalhau e de camarão (R$ 22,00 cada uma, com doze unidades). Outro pedido frequente, a broa de farinha de milho com queijo de minas é servida com café coado da paulista Fazenda Pessegueiro (R$ 11,80 individual e R$ 19,80 para duas pessoas). Para os dias quentes, o menu reserva frapê cappuccino, mistura de expresso, sorvete de creme, leite vaporizado e calda de chocolate (R$ 16,80), e milk-shake dourado, com expresso, sorvete de creme, suco de laranja e calda de caramelo (R$ 17,90). Rua da Bahia, 1071, centro, ☎ 3214-3234 (75 lugares). 8h/23h (fecha dom. e feriados). Aberto em 2008.

Café 3 Corações As mesas dispostas na calçada do ponto mais central da Savassi são propícias para papear a qualquer hora do dia. O café expresso tradicional (R$ 5,00) e o mineiro (R$ 5,60), com a xícara untada com doce de leite, são dois dos mais pedidos. Para comer, aposte no pão de queijo na chapa recheado com queijo, presunto, orégano e tomate (R$ 5,50). Os quitutes também podem ser servidos no salão interno, de ar intimista. Aos domingos rolam shows de jazz, do meio-dia às 15h. Rua Antônio de Albuquerque, 489, Savassi, ☎ 3245-1189 (120 lugares). 8h/22h (seg. 10h/19h; dom. 10h/17h). Aberto em 1996.

Intelligenza A casa segue o modelo já consagrado nos Estados Unidos, que reúne cafeteria, cadeiras confortáveis com tomadas e espaço para atividades, como cursos e workshops. A carta de cafés filtrados tem de quatro a seis tipos de grãos e varia cerca de duas vezes por mês. Burbom-amarelo e catuaí- amarelo ou vermelho quase sempre estão disponíveis (R$ 10,00). Outra opção de bebida, os chás levam ingredientes importados. O cape town, por exemplo, mistura raízes africanas, morango, framboesa e mirtilo (R$ 8,00). Farto em opções veganas, o cardápio de comes lista samosa com recheio de legumes, amendoim e curry (R$ 10,00) e quibe com massa de grão-de-bico (R$ 8,00). Rua Paraíba, 966, Savassi, ☎ 99911-1311 (30 lugares). 9h/20h (sáb., dom. e feriados até 18h). Aberto em 2016.

Mind The Coffee Aberto onde ficava o SoulessTattoo&Coffee, o Mind The Coffee aposta em uma estética mais underground que o antecessor. A carta de cafés foi ampliada. Entre os mais de vinte tipos estão o extraído pelo método prensa francesa com grãos especiais da Mantiqueira (R$ 10,00) e o expresso com água tônica (R$ 10,50). Se quiser companhia, aposte na cheesecake de frutas vermelhas (R$ 12,00 a fatia). Avenida Cristóvão Colombo, 501, Savassi, ☎ 3318-0943 (50 lugares). 8h30/20h (sáb. 10h/17h; fecha dom. e feriados). Aberto em 2016.

MMM Café Além de um importante acervo sobre a atividade mineradora no estado, o Museu das Minas e do Metal abriga um café. Antes ou depois da visita, vale provar o sanduíche meteorito bocaiuva, montado em pão artesanal com almôndegas, molho de tomate, mussarela e requeijão (R$ 19,00). Pães de queijo recheados são o carro-chefe e podem receber ragu de linguiça, frango com requeijão e queijo com tomate e manjericão (R$ 6,00 cada um). Para bebericar, o blond mocha mistura expresso, leite vaporizado e chocolate branco derretido (R$ 10,00) e o frapuccino leva expresso, sorvete de creme, Ovomaltine e ganache de chocolate (R$ 15,00). Praça da Liberdade, s/nº, Museu das Minas e do Metal, Funcionários, ☎ 3516-7213 (48 lugares). 12h/18h (qui. até 22h; fecha seg.). Aberto em 2011.

Oop Café A cafeteria dos baristas e sócios Tiago Damasceno e Adriene Cobra trabalha com cafés de alta qualidade, de marca própria, que se diferenciam pelo nome dos produtores, das regiões mineiras da Mantiqueira, Matas de Minas e Caparaó. Quem quiser embarcar numa experiência sensorial poderá fazer a degustação do café do dia extraído de quatro formas (R$ 24,00) ou provar três opções de grãos extraídos pelo mesmo método, no caso o japonês V60 (R$ 18,00). Rua Fernandes Tourinho, 143, Funcionários, ☎ 3786-7888 (25 lugares). 10h/20h (sáb. 10h/16h; fecha dom. e feriados). Aberto em 2016.

Continua após a publicidade

Publicidade