Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Os principais restaurantes italianos de Recife

Saiba onde provar massas, risotos e afins na capital de Pernambuco

Antica Roma

O chef Luigi Straface põe em prática as receitas aprendidas com a avó italiana e envia ao salão pratos como a bruschetta de avocado com camarão montada no pão italiano fabricado na casa (R$ 20,00, duas unidades). A refeição prossegue com o fletto lardellato, um flé-mignon com pancetta ao molho de vinho levado ao forno e escoltado por nhoque ao molho pomodoro ou risoto aos quatro queijos. Por qualquer uma das opções, pagam-se R$ 53,00. Entre os doces, faz sucesso o strudel de maçã caramelada com canela servido com sorvete e calda de chocolate (R$ 18,00). Estrada Real do Poço, 177, Poço da Panela, ☎ 3204-9086/9088 (120 lugares). 18h/23h (sex. e sáb. até 0h; fecha ter.). Aberto em 2013. $$

Barbarico Bongiovanni

Comandado pelo casal Rosanna Bongiovanni e Juan Carlos Perez, o restaurante é um dos pioneiros na produção de massas artesanais no Recife. O ravioloni de gorgonzola, pera e nozes ao creme triplo burro com tomate-cereja (R$ 52,00) é uma das opções de prato principal, e pode ser precedido pela tigelinha de camarão, abóbora e requeijão ao creme de alho-poró com crocante de parmesão (R$ 38,00). A sobremesa tris di panna cotta alle fragole, mirtilli e mango intercala camadas de panacota com morango, mirtilo e manga (R$ 22,00). Avenida Engenheiro Domingos Ferreira, 2655, Boa Viagem, ☎ 33253310/4268 (100 lugares). 19h/23h (sex. e sáb. até 1h; dom. 12h/17h; fecha seg.). Aberto em 1983. $$$

Buca Trattoria

Em ambiente intimista, os clientes apreciam entradas como a panelinha com filémignon, cubos da carne ao molho madeira com queijo provolone e chips de batata-doce (R$ 33,00). Entre os pratos principais, o chef Antenor Silveira prepara o filettino leonardo: mignon finamente fatiado flambado em brandy com creme de leite e acompanhado de linguini artesanal (R$ 49,90). Para arrematar a refeição, há petit gâteau de doce de leite com sorvete de creme e calda de frutas vermelhas aromatizada com limão-siciliano (R$ 17,00). Rua Santo Elias, 350, Espinheiro, ☎ 3426-0409 (66 lugares). 19h/0h (sex. e sáb. até 1h; dom. 12h/16h; fecha seg.). Aberto em 2007. $$$

Cucina De’Carli

As massas artesanais, produzidas diariamente pelas irmãs Albânia e Gênova De’Carli, são receitas da família de origem italiana. Sugestão de prato principal, o fagottini tem o formato de trouxinha e leva recheio de queijo mazda. Ele vai à mesa com molho de tomate e manjericão mais pesto genovês (R$ 42,00). A massa pode ser precedida por rodelas de berinjela grelhadas, acompanhadas de molho de tomate, manjericão e mussarela gratinada, ladeadas por pães e torradas (R$ 32,00, para dois). Servido em taça alta, o sorvete de baunilha afogado em café expresso e fnalizado com chantili (R$ 18,00) arremata a refeição. Rua Jader de Andrade, 163, Casa Forte, ☎ 3265-5781 (40 lugares). 12h/14h30 e 19h/23h (seg. a qua. só almoço; fecha dom.). Aberto em 2003. $$

Dom Ferreira Forneria

No salão a meia-luz os clientes apreciam massas, carpaccios e doces produzidos na casa. O fettuccine alfredo ai gamberi consiste na massa artesanal ao molho de grana padano e camarões (R$ 59,50). Antes, fazem sucesso as bruschettas caprese, com tomate concassé e mussarela de búfala, e de gorgonzola com mel de engenho (R$ 27,50, duas unidades de cada uma). Para arrematar, o trio di dolci reúne versões menores das sobremesas mais vendidas: brigadeirão de colher, churros de doce de leite e bricilet, biscoito crocante intercalado por sorvete de creme e calda de chocolate (R$ 23,90). No almoço, pagamse R$ 69,90 no quilo do bufê, com sugestões como o pernil de cordeiro ao molho de menta. Avenida Engenheiro Domingos Ferreira, 4140, Boa Viagem, ☎ 3463-4141 (140 lugares). 11h30/15h30 e 18h/1h (sáb. e dom. 12h/16h e 18h/1h). Aberto em 2007. $$

Dom Francesco Trattoria

Vinte anos atrás, o italiano Francesco Carretta e sua mulher, a mineira Norma, chegaram a Olinda de passagem durante a lua de mel, em caronas de caminhão. Encantado pela cidade, o casal comprou o imóvel que hoje abriga a trattoria e a casa da família. Ali são servidas receitas como a lasanha al ragu, que intercala camadas de massa artesanal, bechamel caseiro e carne moída (R$ 42,68). Na versão vegetariana, a massa ganha recheio de funghi (R$ 45,98) ou de aspargos (R$ 42,68). Antes das pedidas principais, a sugestão é o carpaccio, com lâminas fnas de carne bovina, rúcula e lascas de parmesão, servidas com pão italiano (R$ 38,11, para duas pessoas). Rua Prudente de Moraes, 358, Carmo, Olinda, ☎ 3429-3852 (54 lugares). 11h30/15h e 19h/0h (sáb. só jantar; dom. só almoço 11h/16h; fecha seg.). Aberto em 2000. $$

Fabbrique Pastifício

O chef Leo Coimbra produz diariamente massas, recheios e molhos servidos no restaurante e que também podem ser levados para casa. Para o início da refeição, ele sugere a burrata no coulis de tomate fnalizada com pesto e amêndoas (R$ 45,00, para dois). O rotolone de peperone com molho de tomate rústico (R$ 35,00) e o risoto de curry com camarão e tâmara (R$ 55,00) são boas opções de prato principal. Para fnalizar, a sobremesa bianca e nera consiste em musse aerado de chocolate meio amargo com chantili, praliné de chocolate, amêndoas laminadas e calda de chocolate (R$ 12,00). Em tempo: está prevista para meados de agosto a mudança para um novo endereço, na mesma rua (número 1483), que terá salão maior, com capacidade para oitenta pessoas. Avenida Dezessete de Agosto, 1316, Casa Forte, ☎ 3040-0201 (50 lugares). 12h/17h (qui. a sáb. até 1h). Aberto em 2015. $$

La Pecora Nera

A refeição pode começar por pão italiano caseiro recheado de flé-mignon com creme de queijo Prima Donna e então gratinado (R$ 50,00, serve quatro pessoas). Também levado ao forno, o rigatoni com camarão salteado em vinho branco com creme de queijo Prima Donna fgura entre os pratos principais (R$ 59,00). Da adega com mais de sessenta rótulos, na maioria italianos, sai o vinho personalizado Pecora Nera Sangiovese 2016 (R$ 74,00). De terça a sexta, no almoço, a casa prioriza o menu executivo, cujo valor varia de R$ 39,90 a R$ 44,90. O cliente escolhe entre três opções de entradinha, cinco de prato principal e três de sobremesa. Praça de Casa Forte, 505, Casa Forte, ☎ 3227-2102 (80 lugares). 12h/15h e 19h/23h (sex. jantar até 1h30; sáb. jantar até 0h; fecha seg.). Aberto em 2016. $$

Pomodoro Café

Com clima de cantina italiana e garrafas de vinho na decoração, a casa serve receitas como o polpettone bovino recheado de mussarela ao molho de tomate, novidade no cardápio. Servida com pães e torradas, a entrada satisfaz duas pessoas (R$ 39,00). Como prato principal, o ossobuco cozido por oito horas em vinho tinto chega à mesa escoltado por polenta com parmesão (R$ 59,00). De sobremesa, sai panacota com coulis de frutas vermelhas (R$ 23,00). Pelo mesmo preço, a versão vegana do doce é preparada com leite de castanhas. Rua Alfredo Fernandes, 77, Casa Forte, ☎ 3314-0530 (120 lugares). 12h/14h30 e 19h/23h30 (sex. e sáb. 19h/0h30; dom. 12h/16h e 18h30/22h30; fecha seg.). Aberto em 2013. $$

Riso

Sob o comando do argentino Miguel Castillo desde 2017, a casa tem focado a produção de massas, pães e embutidos para consumo no restaurante. Clássico italiano, a estrela da casa é o espaguete à carbonara, preparado com ovos, bacon e parmesão (R$ 44,00). O endereço também passou a oferecer opções de menu fechado. No jantar, por R$ 65,00, combinam-se bruschetta de cordeiro desfado com cogumelo no pão artesanal, penne maremonti (com camarão, abobrinha, ricota e cogumelos) e o brownie com sorvete artesanal de queijo. Avenida Santos Dumont, 544, Afitos, ☎ 3314-6790 (84 lugares). 12h/15h e 19h/23h (sex. e sáb. almoço até 16h e jantar até 23h30; dom. só almoço até 17h). Aberto em 2015. $$

Toscana Trattoria

O menu executivo tem preço convidativo no almoço. Por R$ 39,90, a refeição inclui entrada, prato e sobremesa. Uma combinação possível reúne o sformato, um tipo de tortinha de queijos brie e pecorino com presunto cru e trufas, rigatoni gratinado com flé-mignon ao molho de queijo Prima Donna e musse de chocolate belga. À noite, a cozinha do chef Thiago Vitta libera pratos como a burrata ladeada por tomate agridoce e pesto genovês (R$ 49,00), de entrada, e flé tartufato, mignon grelhado no carvão com molho rôti (R$ 56,00). Por fm, a palha italiana ganha ares regionais, pois é servida com sorvete de tapioca, amêndoas e calda de doce de leite (R$ 19,00). Rua Pereira da Costa, 80, Pina, ☎ 3314-7071 (85 lugares). 12h/15h e 19h/0h (dom. até 16h; sex. e sáb. até 0h30). Aberto em 2014. $$

+ Os melhores endereços gastronômicos de Recife