Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jornalista do ‘NYT’ diz que Lindsay Lohan dirigiu bêbada durante gravações de filme

Na reportagem, o escritor Stephen Rodrick revela segredos das filmagens do longa 'The Canyons', no qual a atriz contracena com um ator pornô

Lindsay Lohan pode esperar que vem muito mais confusão por aí. Em reportagem publicada nesta quinta-feira no jornal The New York Times, o escritor Stephen Rodrick, que acompanhou as gravações do novo filme estrelado por ela, The Canyons, afirma, entre outras coisas, que a atriz dirigiu bêbada durante as filmagens.

Leia também:

Lindsay Lohan põe roupas à venda para pagar dívidas

Segundo o site TMZ, Lindsay tem dito a amigos que, embora a maior parte do que foi contado na reportagem seja verdade, ela não bebeu e dirigiu. Fontes próximas a atriz dizem que as bebidas que estavamno set de filmagens foram fornecidas pelo diretor, Paul Schrader, e que Lindsay não bebeu.

No entanto, se Lindsay não bebeu no set, ela certamente bebeu durante a estadia de Lady Gaga no hotel em que estavam acontecendo as filmagens, o Chateau Marmont. Segundo o jornalista do New York Times, um dia as duas ficaram na gandaia até 5h30, e por causa disso a atriz não conseguiu gravar as cenas que teria de fazer às 6h.

Nudez – Na reportagem, Rodrick conta ainda que a atriz chegou a ser demitida da produção após faltar — mas implorou chorando ao diretor e acabou recontratada — e ainda que ela se sentiu ofuscada pelo ator pornô James Deen, com quem contracenou. Ela também que penou para gravar cenas nua — em certo ponto, Schrader teve de tirar a roupa também para deixá-la à vontade.

Leia também:

Lindsay Lohan bebe dois litros de vodca por dia, diz site

Em outro ponto da reportagem, que é de certa forma um perfil da atriz, Lindsay dá a entender que seu pai, Michael Lohan, a agredia. “Tenho muita experiência nesse tipo de coisa por causa do meu pai”, disse a artista após gravar uma cena em que era atirada ao chão.