Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fátima Bernardes responde se salvaria o policial ou o traficante

Apresentadora foi alvo de críticas após promover enquete sobre ética médica

Depois da polêmica pesquisa realizada no programa Encontro na última semana, Fátima Bernardes resolveu se explicar ao vivo no programa desta terça-feira, e disse que, pessoalmente, iria socorrer um policial em um caso de emergência. A enquete questionava os convidados do programa sobre quem eles salvariam primeiro: um policial levemente ferido ou um traficante em estado grave.

Após o programa, muitos internautas saíram em defesa dos policiais e foi criada inclusive a hashtag #EuEscolhoPoliciais. No programa desta terça, a apresentadora explicou sua posição. “(O programa) Sempre vai estar ao lado da polícia, que trabalha legalmente. No dia eu nem dei opinião, mas eu, Fátima, certamente iria socorrer o policial, mas eu não sou médica, eu poderia fazer isso. Certamente escolheria quem está ao lado da lei para ser tratado. Um traficante tem direito a um advogado, e nem por isso vamos atacar o advogado por defendê-lo, nem atacar um médico que, por questões profissionais, optou por tratar quem estava em maior risco de vida. A questão era essa”, completou.

Ela continuou se posicionando e revelou qual era o objetivo do Encontro ao abordar essa questão. “Não houve escolha pelo tráfico em detrimento do trabalho policial. A nossa discussão girou em torno da questão ética. O que me surpreendeu muito na repercussão das redes é como se o programa tivesse feito uma opção pelo traficante, e não pela polícia”, disse.

Entre os convidados do programa estavam o médico Fernando Gomes Pinto, consultor recorrente da atração,  que falou sobre o juramento profissional e a ética do médico, que busca atender qualquer paciente independentemente de quem ele seja. No sofá do Encontro também estava o major Ivan Blaz, porta-voz da PM do Rio de Janeiro, que comentou a polêmica. “A enquete trata de um dilema específico da área médica, que não é nenhuma novidade. De acordo com a ética médica, não há o que discutir. É importante que venhamos esclarecer isso, nós temos aqui quase 1 milhão de agentes de segurança que se sentiram ofendidos”, declarou o policial.

A explicação completa de Fátima Bernardes pode ser vista no site do Encontro.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Marco Alves Monteiro

    Porque os nomes dos moluscos que escolheram o traficante não são divulgados? Um deles é de Andrucha Waadderson (isso é nome?), o diretor do filme. Esquerdistinha de carteirinha e de falta de miolos. Porque esse cara e os outros que fizeram fila, uma meia dúzia, não têm seus nomes divulgados e não são atacados nas redes sociais? Nem foi ela que tomou posição durante o programa. Fazem uma confusão do cão.

    Curtir

  2. Plínio Santos

    Só a globo para fazer tanta idiotice. Quem defende a sociedade é o Policial, portanto é ele que tem q ser salvo, com toda certeza.

    Curtir

  3. Josué Silva

    O direcionamento é tão flagrante que ela utiliza um policial e um bandido. Se assim não fosse, ela poderia, muito bem, ter colocado na enquete um repórter cobrindo uma ação policial, levemente ferido, e um bandido gravemente ferido. Qual seria o resultado da enquete? Bem, se fosse o Caco Barcellos e a entrevista fosse na rua com entrevistados inopinados, o caco seria mandado para a vala também. Detesto, mas sou obrigado a concordar com as massas: “o povo não é bobo, abaixo a rede globo”.

    Curtir

  4. Francisco Zimmermann Junior

    Mesmo que tivesse conhecimento de medicina, não deve ser levado em consideração apenas o ferimento, pois deixar o policial ferido para socorrer o bandido é um erro, já que deixar o policial ferido em uma área de conflito pode ser o fim para o policial.

    Curtir

  5. Não faria nada para o traficante, nem mesmo se ele fosse o único ferido.

    Curtir

  6. Marco Aurelio Jandelli

    Antes de socorrer o policial eu mataria o bandido.

    Curtir

  7. housekeeping

    Fatima lê o meu comentário, vc tá bonitona, tô apaxonado, sô triliardário, vem ficá comigo, vem fazê ciume pro Boner, Fátima vô te protegê desses haters que ficam só falando mal de vc.

    Curtir