Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Escola faz protesto com presidente-vampiro em carro alegórico

Paraíso do Tuiuti fez críticas ao governo e ironizou manifestantes que pediram impeachment de Dilma

Um grande vampiro trajando a faixa presidencial, políticos vestindo cuecas com cifrões e trabalhadores empunhando a carteira de trabalho. O último carro alegórico da Paraíso do Tuiuti não poupou críticas ao governo Michel Temer e à reforma trabalhista, apoiada pelo governo e aprovada pelo Congresso. O carro foi muito aplaudido em todos os setores da Sapucaí.

Apesar da clara referência a Temer, o destaque do carro, um homem pálido e soturno vestindo terno e uma faixa verde e amarela, foi chamado oficialmente pela escola de “Vampiro neoliberalista”.

O enredo da escola, Meu Deus, meu Deus, está extinta a escravidão?, fala sobre os 130 anos da Lei Áurea: “Não sou escravo de nenhum senhor / Meu Paraíso é meu bastião / Meu Tuiuti o quilombo da favela / É sentinela da libertação.”

Além das críticas ao governo, a Tuiuti também ironizou em uma de suas alas os manifestantes que pediram o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Na fantasia, um pato amarelo – identificado com os grupos antipetistas – é manipulado como um fantoche.

Veja também

Samba e política

A escola, porém, não será a única a trazer protestos para o sambódromo. A Mangueira, penúltima escola a se apresentar, promete um desfile crítico ao prefeito Marcelo Crivella, que reduziu drasticamente os recursos do Carnaval. Amanhã a Beija-Flor trará uma ala sobre corrupção.

Paraíso do Tuiuti é a quarta escola a desfilar no Sambódromo da Marquês de Sapucaí - 12/02/2018 (Ricardo Moraes/Reuters)

Veja também
Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ue…mas os coxinhas nao diziam que o POVO apoiou o GOLPE? Cade que teve alguma escola exaltando coxinhas? Nao teve porque coxinhas n’ao sao, nunca foram POVO, sao pobres de direita que apoiam seus opressores, quando deveriam se unir aos trabalhadores!

    Curtir