Clique e assine a partir de 9,90/mês

Cinemas de Manaus são autorizados a reabrir a partir de agosto

Com autorização para funcionar com 50% da capacidade das salas, esta é a terceira vez que o estado do Amazonas tenta reabrir os cinemas

Por Felipe Branco Cruz - Atualizado em 29 jul 2020, 17h55 - Publicado em 29 jul 2020, 17h42

Depois de várias idas e vindas, os cinemas de Manaus finalmente foram autorizados a reabrirem as portas ao público, no dia 1° de agosto. O governador do Amazonas, Wilson Lima, autorizou nesta segunda-feira, 27, que as salas funcionem com até 50% da capacidade.

A tentativa de reabrir os cinemas está sendo costurada há algum tempo. Anteriormente, o governo havia anunciado que as salas teriam autorização para reabrir a partir de 6 julho e, depois, a data foi alterada para o final de julho. Embora a abertura tenha sido autorizada, a maioria dos cinemas de shopping da capital amazonense anunciaram que não abririam ainda, postergando a decisão para setembro.

ASSINE VEJA

Os ‘cancelados’ nas redes sociais Leia nesta edição: os perigos do tribunal virtual. E mais: nova pesquisa sobre as eleições presidenciais de 2022
Clique e Assine

Vale lembrar que o estado do Amazonas foi um dos principais focos de coronavírus no Brasil, com enterro de mortos em caixões dispostos em valas comuns. Atualmente, o estado possui mais de 98 mil casos confirmados e 3.236 mortes. Desde terça-feira, 14, Manaus registra uma queda no registro de contaminados e mortos. Até o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, foi contaminado com Covid-19. A VEJA, ele disse que “viu a cara da morte” e que o novo coronavírus é “um inimigo surpreendente, que ataca cada vítima de um jeito”.

Publicidade