Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chapa de Milton Gonçalves vence a de Paulo Betti em eleição de sindicato

Ator entrou com processo de injúria contra o colega, acusando-o de racismo

A eleição do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado do Rio de Janeiro (Sated/RJ) terminou com vitória da chapa encabeçada por Jorge Coutinho e Milton Gonçalves, que disputava com a de Isabel Gomide e Paulo Betti. No mês passado, a eleição virou notícia depois que Coutinho e Gonçalves entraram com processo de injúria contra Betti acusando-o de racismo.

“Após longas horas de trabalho de apuração das urnas das eleições Sated/RJ 2019, realizada nesta terça-feira 2 desde as 18 horas em primeira convocação, estendendo-se até as 4h10 do dia 3 de julho de 2019, informamos que foram apurados 476 votos válidos, sendo 5 votos nulos, 1 voto em branco, 308 votos para a chapa 1 e 162 votos para a chapa 2, tendo sido declarado pela comissão eleitoral como eleita a chapa 1-União e Determinação”, disse o Sated em comunicado.

A chapa de Gonçalves contava com nomes como Hugo Gross, Ruth de Souza e Carlos Vereza. Já a de Betti tinha nomes como Tonico Pereira e Alexandre Damascena. A posse da chapa vencedora está marcada para acontecer na próxima segunda-feira 8.

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a acusação de racismo teve como base uma mensagem de Betti em um grupo de WhatsApp, na qual o ator afirmava que “a atual diretoria do sindicato está lá há muito tempo e tem uma forte representação negra com Jorge Coutinho e o grande Milton Gonçalves, além do querido Cosme, isso complica bastante a luta, pois pode confundir as coisas”.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Quando o racismo parte de um petista, é menos grave?

    Curtir