Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cantora gospel sai do armário: ‘Deus me ama como sou’

A britânica Vicky Beeching, 35 anos, decidiu assumir sua orientação sexual em entrevista ao jornal 'The Independent'

A cantora britânica de rock cristão Vicky Beeching, 35 anos, assumiu que é homossexual em entrevista publicada nesta quinta-feira pelo jornal The Independent. De acordo com a publicação britânica, ela pode se tornar uma figura-chave na liberalização do anglicanismo.

“Quando percebi que eu era atraída por garotas, foi um sentimento horrível, fiquei muito constrangida”, disse ao jornal Vicky, que cresceu em um ambiente religioso e aos 16 começou a se tornar conhecida por cantar música gospel. Depois de estudar na Universidade de Oxford, na Inglaterra, ela se mudou para Nashville (EUA), aos 23, onde viveu por seis anos e viu sua carreira deslanchar. Aos 29, foi para a Califórnia e descobriu que carregava uma doença autoimune grave, que causava lesões na pele e poderia levá-la à morte. Ao começar um tratamento severo, decidiu se acertar com a própria sexualidade ao fazer 35 anos, idade tomada como deadline. “Essa é a metade da minha vida: não posso perder a outra”, disse.

Leia também:

Personagem gay agora é bom negócio para qualquer ator ​

“Sou a mesma pessoa”, diz modelo que mudou de sexo

Em abril deste ano, ela revelou sua orientação sexual aos pais. “O que Jesus ensinou é uma mensagem radical de boas vindas, inclusão e amor. Eu tenho certeza de que Deus me ama do jeito que sou, e eu tenho um grande desejo de comunicar isso aos jovens”, conta. Ao ser questionada se pretende manter sua fé, Vicky diz que, em vez de abandonar a Igreja, pretende mudá-la.

A cantora, que também é comentarista de religião do canal de TV BBC News, foi ao Twitter nesta quinta-feira para agradecer às mensagens de apoio que recebeu pela internet e dizer que sair do armário foi a atitude mais corajosa que ela já tomou na vida.

(Com Agência Estado)