Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Baterista do Rolling Stones diz que banda está velha demais para longas turnês

O músico Charlie Watts, hoje com 72 anos, afirmou que a ideia de fazer mais de 50 shows, como antigamente, é 'assustadora'

O baterista do Rolling Stones, Charlie Watts, afirmou que a banda está velha demais para embarcar em longas turnês. Em entrevista ao site do jornal The Australian, o músico disse que a ideia de fazer mais de 50 shows na sequência, como acontecia antigamente, é “assustadora” hoje em dia.

“Nós já fizemos metade (dessa turnê). É curta em comparação com o que fazíamos antes, mas é preciso que seja assim devido à nossa idade”, disse Watts à publicação. “Se não fizermos mais longas turnês, eu estarei bem feliz com isso”, concluiu o baterista.

Ingressos para show dos Rolling Stones em Londres esgotam em 5 minutos

Ex de Rolling Stone fala sobre drogas e festas em livro

Taylor Swift canta com Rolling Stones em Chicago. Confira

Watts está com 72 anos, enquanto Mick Jagger e Keith Richards têm 70 anos. O guitarrista Ronnie Wood é o mais novinho do grupo, com 66 anos.

O grupo britânico retomará as atividade no próximo dia 21 em um show em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, após quase sete meses sem subir aos palcos. A turnê intitulada 14 On Fire ainda passa por Tóquio, no Japão, Macau, na China, Austrália e Nova Zelândia nos próximos meses. As apresentações contarão com a participação do ex-guitarrista Mick Taylor, que tocou com a banda entre 1969 e 1974.